Repar fará nova parada de manutenção e chamas altas poderão ser vistas nas tochas

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

A parada para manutenção e inspeção de equipamentos será realizada em quatro unidades da refinaria, a partir desta quinta, 1º de setembro

A partir desta quinta-feira, 1º de setembro até o próximo dia 6,  a Refinaria Presidente Getúlio Vargas – Repar,  passará por manobras operacionais de liberação para a parada programada de produção da principal unidade envolvida, a Destilação, que terá início previsto para 29 de setembro. Segundo a Petrobras, estas unidades envolvidas tiveram sua última parada realizada em 2016.

A parada para manutenção e inspeção de equipamentos será realizada na Unidade de Destilação, Unidade de Geração de Hidrogênio, Unidade de Hidrodessulfurização de Diesel e Unidade de Desasfaltação. “As paradas programadas são periódicas, com o objetivo de realizar a manutenção preventiva e inspeção de equipamentos conforme normas regulamentadoras, dentre elas a NR-13 – Caldeiras, Vasos de Pressão, Tubulações e Tanques Metálicos de Armazenamento, além de implantação de projetos”, informou a Petrobras.

Durante o período da parada, a estatal garante que o atendimento ao mercado será realizado conforme planejamento logístico integrado.

Mão de obra

Os serviços de manutenção serão executados por empresas especializadas, contratadas através de licitações para a parada. Atuarão cerca de 3 mil pessoas, incluindo as que já trabalham na Repar e as que serão mobilizadas pelas empresas contratadas.

A Petrobras reforça que a execução dos serviços contratados é de responsabilidade das empresas terceirzadas, incluindo o processo de seleção e contratação de mão de obra.

Chama alta nas tochas

Ainda conforme a estatal, a refinaria seguirá todos os procedimentos de segurança e informa que existe a possibilidade de ocorrência de chama alta na tocha entre os dias de liberação e partida dos equipamentos. A tocha é um equipamento de segurança projetado para permitir a parada e partida segura de unidades de processo, vbisando garantir a segurança das pessoas, meio ambiente e instalações. A Petrobras salientou que mantém os órgãos competentes informados e disponibiliza o 0800 para dúvidas ou reclamações.

Repar fará nova parada de manutenção e chamas altas poderão ser vistas nas tochas
Foto – Marco charneski

Texto: Maurenn Bernardo

Compartilhar
PUBLICIDADE