Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

No último trimestre do ano de 2021, depois de aproximadamente um ano e meio de atividades pedagógicas acontecendo apenas de forma remota, os Centros Municipais de Educação Infantil de Araucária voltaram a abrir suas portas para receber as crianças presencialmente.

Tudo foi cuidadosamente pensado e planejado para que esta retomada acontecesse de forma segura, tranquila e acolhedora. A Equipe da SMED foi até as unidades educacionais para orientar e auxiliar na organização dos espaços, visando seguir o Protocolo de Biossegurança.

As crianças retornaram em sistema escalonado e as turmas do Infantil 5 foram as primeiras a iniciarem suas atividades presenciais no dia 04 de outubro e, em seguida, as crianças do Infantil 4, no dia 18 de outubro. Na sequência retornaram as turmas da Creche (0 a 3 anos), o Infantil 3 no dia 25/10, o Infantil 2 no dia 27/10 e por fim as turmas do Infantil 1 e Infantil Bebê no dia 08/11.

O atendimento à creche, neste primeiro momento, por medidas de segurança e prevenção ao Covid-19, organizou as turmas para frequentarem a unidade em meio período, garantindo atendimento diário e favorecendo a adaptação dos bebês e crianças pequenas.

As Unidades Educacionais organizaram o espaço e prepararam atividades especiais para acolher as crianças que ficaram tanto tempo longe do convívio social e da rotina do CMEI. Pensando em acolher as crianças, os profissionais proporcionaram momentos de escuta e de expressão de suas emoções, em que foi possível ouvir relatos emocionantes dos pequenos contando que estavam com saudades dos colegas, do parquinho, dos momentos de brincadeira e também das refeições, que são preparadas com tanto carinho.

Durante este período foi possível observar que essa nova fase ocorreu de forma tranquila e a readaptação ao espaço educativo foi positiva e cheia de novas possibilidades e esperança.

O retorno ao atendimento presencial, mesmo que em formato híbrido, era novidade para todos, pais, crianças, professores, funcionários e a comunidade de um modo geral. Muitos questionamentos e pensamentos permeavam nossas mentes, mas como em todos os outros setores, a educação também precisava ter um novo recomeço.

Foi perceptível a alegria nos olhos dos pequenos, a qual se destacava com tamanho brilho, de modo que a máscara não foi o suficiente para esconder os sorrisos.

Texto: Departamento de Educação Infantil

Publicado na edição 1291 – 09/12/2021

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Tempo de aprender

Somos seres sociais, coletivos, aprendizes em constante transformação, e em todo lugar e tempo somos