Compartilhe esta notícia

A pandemia do novo coronavírus prejudicou muitos serviços essenciais e acabou afetando um dos mais importantes programas de apoio às pessoas que lutam para se livrar das drogas. Os Narcóticos Anônimos, instituição sem fins lucrativos, teve que suspender suas reuniões presenciais, que são parte essencial do processo dos adictos em recuperação. Porém, assim como a maioria dos setores que têm buscado novas alternativas para não sucumbirem diante da pandemia e da recomendação do isolamento social, o NA também se reinventou, trazendo um alento para as pessoas que sofrem com a dependência química.

Ainda que à distância, a irmandade vem mantendo seus encontros por meio de canais virtuais, como aplicativos de videoconferências, lives, vídeos e ainda tem realizado painéis de informação ao público em programas de rádio, além de manterem ativo o telefone de Linha de Ajuda (41) 99777-0209, onde as pessoas podem buscar informações sobre o programa. Os canais estão abertos para atender a todos aqueles que enfrentam problemas com drogas, de todos os municípios, inclusive de Araucária, onde a irmandade mantém o Grupo ECO, cujas reuniões, em tempos normais, aconteciam na rua Júlio Szymanski, 46, no Centro.

Segundo o subcomitê de relações públicas do NA, muitos membros têm se adaptado a essa nova realidade imposta pela pandemia, com registro de participações significativas nas videoconferências, lives e mesmo através da Linha de Ajuda, onde as pessoas manifestam o desejo de participar e recebem um link de acesso aos encontros virtuais. “Mesmo sem as reuniões presenciais, o NA continua ativo e está oferecendo várias possibilidades. É claro que nada substitui o encontro presencial, onde o acolhimento é muito importante, mas nesse momento precisamos aceitar o que a crise pandêmica nos atribui e aproveitar as alternativas que nos são viáveis. E é importante ressaltar que esses encontros através das plataformas virtuais acabaram abrindo novas possibilidades, como a participação de membros da irmandade de outros países, que têm a chance de partilhar suas histórias e ouvir experiências de recuperação dos brasileiros membros que moram e fazem sua recuperação nos grupos do exterior”, explicou o NA.

Quer conhecer mais sobre a irmandade Narcóticos Anônimos, acesse o site www.na.org.br ou ligue para o Linha de Ajuda (41) 99777-0209.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1223 – 30/07/2020

Compartilhe esta notícia