Revitalização da sede da Câmara deve acontecer ainda em 2021 | O Popular do Paraná
Compartilhe esta notícia:
Revitalização da sede da Câmara deve acontecer ainda em 2021
Layout da nova entrada do plenário da Câmara após a revitalização. Foto: divulgação

Construído há cerca de 30 anos, o prédio que abriga a Câmara de Vereadores deve passar por uma merecida revitalização e ampliação ao longo desta legislatura. Este é, inclusive, um dos objetivos do atual presidente da Casa, Celso Nicácio (PSD), que pretende lançar a licitação para a obra ainda neste ano.

A revitalização e ampliação da sede do Poder Legislativo, ao contrário do que se possa imaginar não é uma questão de luxo e sim uma necessidade que salta aos olhos de qualquer pessoa que anda pelos corredores da Câmara. Isto porque há infiltrações pelo prédio todo, fiação exposta, piso comprometido e remendos e mais remendos feitos ao longo de alguns anos em que a manutenção do local foi deixada de lado.

O projeto para revitalização do prédio já é antigo, mas nunca saiu do papel. Recentemente as plantas de engenharia e arquitetura que embasarão a licitação foram atualizadas e, nos últimos dias, a direção da Câmara iniciou conversas com a Prefeitura para celebrar um termo de cooperação técnica para que os profissionais de engenharia lotados na Secretaria Municipal de Obras Públicas (SMOP) possam fazer a fiscalização da execução dos serviços quando estes forem iniciados. “Queremos fazer esta parceria com a Prefeitura para não termos que contratar uma empresa só para fiscalizar a obra, já que a Câmara não tem em seu quadro de pessoal engenheiro para executar este trabalho e nós também não podemos contratar um comissionado para fazer esse serviço. A lei não permite”, explica o presidente.

Depois de revitalizada, a Câmara ganhará uma nova cara. O projeto prevê a construção de três novos blocos, totalizando algo em torno de 1.000 metros quadrados de ampliação, a qual abrigará toda a parte administrativa e vagas de garagem. Os blocos já existentes também serão totalmente reformados, com a modernização do gabinete dos vereadores, de modo a garantir melhores condições de trabalho para os servidores e a recepção das pessoas que procuram a Casa de Leis diariamente.

O projeto prevê ainda que o plenário ganhe uma nova cara. Com a entrada para participação das reuniões acontecendo pela rua Irmã Elizabeth Werka. O espaço será totalmente acessível a portadores de necessidades especiais. A ideia é melhorar ainda o conforto térmico da população que acompanha os trabalhos e melhorar a interatividade, com a adoção de painéis eletrônicos para acompanhar as votações, possibilitando mais assertividade e transparência das ações praticadas pelos edis em plenário.

Recursos

A reforma e ampliação da Câmara, de acordo com Nicácio, não carecerá de suportes adicionais por parte da Prefeitura para bancar a obra. “Parte dos recursos já temos depositados numa conta específica e o restante vamos utilizar do orçamento já previsto para custeio da Câmara. De forma alguma pediríamos mais dinheiro à Prefeitura para essa reforma”, garantiu.

Texto: Waldiclei Barboza

Publicado na edição 1246 – 28/01/2021

Compartilhe esta notícia: