Saiu sem pagar e foi presa

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

A Havan de Araucária tem sido roubada com certa fre­quência, e os ladrões geralmente são mulheres. Elas circulam pela loja, como se estivessem fazendo compras, até que em determinado momento, começam a mocar roupas em sacolas. O que elas não sabem é que toda esta ação costuma ser observada pelos fiscais e isso faz com que elas sejam barradas na saída.

Na tarde de sexta-feira, 31 de julho, por volta de 14h49, uma mulher de 37 anos, que carregava no colo um bebê de apenas dois meses, roubou uma jaqueta no valor de R$ 169,99. Na hora em que saía da loja sem pagar, o fiscal a abordou e ela foi levada para a Delegacia de Polícia para as medidas cabíveis. A mulher alegou que a jaqueta tinha sido encomenda e que a venderia por R$ 50,00.