Isenção na taxa de inscrição em concursos públicos estaduais, até 60 horas complementares nas instituições de ensino superior conveniadas e dois dias de folga no trabalho. Essas são algumas das vantagens que uma pessoa que se voluntaria como mesária pode ter ao prestar serviço à Justiça Eleitoral. Em 2022, somente no Paraná, serão necessárias cerca de 110 mil pessoas para trabalhar nos locais de votação dos 399 municípios do estado. Em Araucária, segundo o Cartório Eleitoral, serão necessários 1.460 mesários, que irão atuar nas 365 seções eleitorais – são 4 por seção.

Para se voluntariar, basta ser eleitora e eleitor com mais de 18 anos em situação regular com a Justiça Eleitoral podem se inscrever, basta preencher um formulário e aguardar o contato do cartório eleitoral do município.

Principais vantagens

Entre as principais vantagens de ser mesário estão a dispensa do trabalho pelo dobro dos dias de convocação, sem prejuízo de salário, mediante declaração expedida pela Justiça Eleitoral (Lei 9.504/97, art. 98); auxílio-alimentação para o dia da eleição; até 60 horas extracurriculares para estudantes de ensino superior de universidades conveniadas ao Uniamiga; vantagem de desempate em concursos públicos da Justiça Eleitoral, quando expresso no edital; vantagem de desempate em outros concursos públicos, se houver previsão em edital; isenção do pagamento de taxa de inscrição em concursos públicos realizados pelo Poder Público Estadual, de acordo com a Lei nº 19.196/2017, dependendo da regulamentação expedida pela instituição promotora do concurso.

Atribuições

A mesária ou o mesário devem permanecer na seção eleitoral do início ao fim da votação para receber o eleitorado; colher e conferir a assinatura dos eleitores no caderno de votação; liberar a urna eletrônica para a pessoa votar; selar pela tranquilidade no ambiente de votação. Devem priorizar a responsabilidade, honestidade, facilidade para lidar com o público e a vontade de ajudar.

Quem não pode

Não podem ser mesários ou mesárias as candidatas e candidatos e parentes, ainda que por afinidade, até o segundo grau, e também a/o cônjuge; integrantes de diretórios de partidos políticos, caso exerçam função executiva; autoridades e agentes policiais que exercem cargos de confiança do Poder Executivo; quem trabalha na Justiça Eleitoral.

BOX

Ainda não fez o título de eleitor?

Faltam menos de 45 dias para quem vai tirar o título pela primeira vez ou regularizar pendências para votar nas Eleições 2022. O fechamento do cadastro acontece no dia 4 de maio. As pessoas podem tirar o título aos 15 anos, desde que completem 16 até a eleição (2 de outubro).  

A Justiça Eleitoral recomenda que as pessoas não deixem para a última hora para evitar lentidão no sistema, filas e aglomerações. Para quem preferir, tudo pode ser feito sem sair de casa, pela internet: primeiro título, transferência de município, alteração de dados e regularização de título cancelado. Basta acessar o Título Net e seguir as orientações.

Não é preciso ir até um cartório eleitoral: a coleta das digitais está suspensa. Acesse a versão digital do documento no aplicativo e-Título, em celular ou tablet, pelo Google Play ou App Store. Em caso de dúvidas, procure o 0800-640-8400 (ligação gratuita), inicie uma conversa no Balcão Virtual ou entre em contato por e-mail ou WhatsApp com a sua zona eleitoral.

Foto: Everson Santos

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp