Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Kevin Patrick competiu na fase nacional das Paraolimpíadas  Escolares deste ano
Kevin Patrick competiu na fase nacional das Paraolimpíadas
Escolares deste ano

Prematuro, Kelvin Patrick Rodrigues precisou enfrentar diversos desafios desde os primeiros instantes de vida. “Quando nasci, eu fui direto para a incubadora e acabei recebendo oxigênio em excesso, o que afetou minha retina. Esse problema fez com que eu não pudesse enxergar”, conta o rapaz, que hoje está com 16 anos e estuda no Colégio Estadual Professor Júlio Szymanski.

Ainda que o garoto nunca tenha tido a oportunidade de olhar o mundo ao redor, ele garante que o sente muito bem e, por isso, decidiu aproveitar seu tempo livre em um esporte de contato. “Escolhi o judô há um ano e meio, me dediquei, e já tive a oportunidade de lutar na fase nacional das Paraolimpíadas Escolares de 2014”, comemora o atleta. A competição aconteceu entre os dias 24 e 28 de novembro, em São Paulo, e contou com competidores de diversos estados do país.

Mesmo com a forte concorrência, o jovem enfrentou as dificuldades e deu o seu melhor nos tatames. “Eu competi nas categorias Meio Médio e Absoluto, nas quais venci várias lutas. Só que acabei perdendo para um atleta do Rio de Janeiro nas duas categorias e trouxe as medalhas de prata por causa disso”, explica.
De acordo com o sensei Francisco de Souza, Kevin estava bem treinado e com ótimo condicionamento físico, o que lhe dava grandes chances de ser o campeão. “Nós o preparamos para ficar com o 1º lugar, então ele conduziu muito bem suas lutas e eu considero esse resultado excelente!”, garante o professor.

Festival de Judô

Além desse resultado, o judô da cidade tem outro motivo para comemorar. “No dia 22 nós realizamos o Festival de Judô no Ginásio Joval de Paula Souza e tivemos a presença de 100 aletas e um público de quase 300 pessoas”, conta o sensei.

Segundo ele, o evento integrou os judocas que treinam nos Centros Esportivos de Araucária e deu a eles a oportunidade de sentirem como funciona uma competição. “A participação foi satisfatória, pois os alunos demonstraram o que aprenderam neste ano, então acredito que todos saíram vencedores e estão de parabéns!”, finaliza.

Texto: Raquel Derevecki / Foto: Diego Pereira

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM