Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

A Secretaria Municipal de Saúde de Araucária (SMSA) confirmou  ter encontrando larvas do mosquito Aedes aegypti em armadilhas na região do Thomaz Coelho. O achado, que aconteceu à cerca de três semanas, mostra que há mosquitos adultos na região. O Aedes infectado é transmissor de doenças como Dengue, Zika e Chikungunya. Com o resultado positivo para larvas, os agentes de combate a endemias intensificam o trabalho de visita a casas, empresas e outros espaços para verificar e orientar sobre medidas para evitar focos.

Araucária possui mais de 40 armadilhas espalhadas pela área urbana. Os agentes de combate a endemias já haviam encontrado larvas do mosquito em duas situações no mês de novembro de 2019, também no Thomaz Coelho. As armadilhas são uma importante estratégia para verificar a presença do mosquito na região. Os agentes recolhem ovos de mosquito, que, seguindo protocolo, são colocados para eclodir e as larvas são avaliadas para saber de que espécie se trata.

Recentemente, a região do Thomaz Coelho fez parte de uma grande ação do programa “Bairro Limpo”. Com o apoio dos moradores foram recolhidos um total de 8 caminhões com madeira (280m³), 02 caminhões com vegetais (70m³), 03 caminhões de material reciclado (105m³) e as 12 toneladas de lixo comum. Essa grande ‘faxina’ nos terrenos teve por objetivo auxiliar na eliminação de focos de mosquito que podem transmitir dengue e outras endemias.

COLETA AGENDADA

A Prefeitura disponibiliza o serviço de coleta de materiais volumosos (exceto material de construção) para apoiar os moradores a dar o destino correto. Materiais como móveis, galhos, geladeira, pneus e outros itens podem ser coletados mediante agendamento no telefone (41)3614-7480.

Em caso de suspeita de foco de mosquito em casas ou terrenos, os moradores podem encaminhar informações à Prefeitura (para fiscalização) por meio da Ouvidoria da Saúde: 0800-6437744 ou [email protected] .

SINAIS

Araucária teve dois casos confirmados recentemente de dengue contraída em locais fora do município. Por isso, é importante que os moradores que retornam de viagem estejam atentos a sinais como febre alta, dor de cabeça, vômitos, dor muscular e nas articulações porque, apesar das aparências, pode ser algo mais do que uma simples gripe. As unidades básicas podem esclarecer dúvidas. O uso de repelentes contra mosquitos também é sempre indicado.

Texto: PMA

Foto: Carlos Poly

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM