Supermamãe: gata adota 3 filhotinhos de lebre que foram abandonados

gata adota 3 filhotinhos de lebre que foram abandonados
Foto: Divulgação
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

A história que você vai acompanhar agora é de uma gata de rua que é uma verdadeira supermamãe. Ela cuida muito bem dos quatro filhotinhos dela e, mais do que isso, fez algo incrível: adotou um quinto gatinho que estava abandonado próximo ao Parque Cachoeira e mais 3 filhotinhos de lebre que tinham sido abandonados próximos a uma empresa.

A história começa quando essa e outra gatinha são resgatadas das ruas por uma moradora de Araucária. Não tendo condições de ficar com as duas, a mulher procurou a Secretaria Municipal do Meio Ambiente para pedir ajuda. “Como não temos o serviço de resgate de animais de rua e ficamos sensibilizados com a dedicação da mulher em vir até a secretaria pedir ajuda para salvar as gatinhas, entramos em contato com a protetora independente Ivonete, que deu a elas um lar temporário. Para nossa surpresa, uma das gatas estava prenha e teve cinco filhotinhos, sendo que um deles acabou morrendo”, conta a secretaria.

O que ninguém esperava era que um outro filhotinho de gato abandonado entrasse na história. “Um filhotinho de gato pretinho foi encontrado abandonado nas imediações do parque e, mais uma vez, pedimos ajuda para a Ivonete. Ela também recolheu o gatinho e o colocou junto da recém-mamãe, que imediatamente o adotou. É uma gata super amorosa”, acrescentou a SMMA.

Se vocês leram a história até aqui e já se emocionaram, se preparem, porque o mais impressionante ainda está por vir. Três filhotinhos de lebre foram supostamente abandonados, resgatados por funcionários de uma empresa da cidade e entrado em contato via telefone com a SMMA, após uma avaliação, a secretaria constatou que de fato os filhotes estavam sem a presença da mãe por perto. Sendo assim, o Meio Ambiente entrou em contato com o Setor de Fauna do Instituto Água e Terra para orientações quanto a destinação, e enquanto são definidas as tratativas, por se tratarem de animais exóticos, os mesmos foram encaminhados para um lar temporário da protetora Ivonete. Ela recebeu os bichinhos na sua casa e fez algumas pesquisas na internet, para saber como iria cuidar deles. “Eu vi que o leite da gata também servia para alimentar lebres. Então coloquei os 3 filhotinhos junto da gatinha que havia acabado de dar cria e para minha surpresa, ela os adotou de imediato. Eu apenas complemento a alimentação delas com a mamadeira porque são muitos filhotes mamando na mesma mãe”, conta a protetora Ivonete.  

Família grande demais

A protetora disse ainda que assim que a gatinha adotou o filhotinho de gato e as lebrinhas, ela fez o resgate de uma ninhada com 4 filhotes felinos, em uma casa que foi submersa pelos alagamentos na comunidade Beiro Rio.

“Resgatei mais 4 gatinhos e novamente tentei colocá-los com a mamãe gata, mas dessa vez ela os rejeitou. Acho que a família já estava grande demais”, brincou a protetora. 

Adoção

Todos os gatinhos resgatados pela Ivonete serão colocados para adoção. Os que estavam na ninhada recolhida na comunidade Beira Rio já estão disponíveis porque aceitaram a ração. Já os filhotinhos da mamãe gata ainda terão que aguardar o desmame. 

Informações sobre a adoção dos gatinhos poderão ser obtidas com a protetora pelo fone (41) 99731-9880.

Sobre as lebres, a SMMA informou que na grande maioria das vezes o encontro com filhotes de animais silvestres, nativos ou exóticos, não necessariamente demanda uma intervenção direta, pois os mesmos podem estar sendo ensinados pela mãe a sobreviverem sozinhos naquele meio.

Caso o munícipe tenha alguma dúvida sobre este assunto, poderá entrar em contato com o Departamento de Proteção Animal no fone (41) 3614 – 7483.

Compartilhar
PUBLICIDADE