Pesquisar
Close this search box.

Telhado musical

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Das véis enquando bate uns pé de vénto de nóite que inté iéu se acordando com os assubiu no teiado da casa, despóis pérde sóno e dia perecendo que non mésma cóisa sendo com cansaço e iritaçon de nóite mal drumida. Iéu cumeçô perceber que os assubiu do vénto fóron mudando com o témpo, as véis mais grosso, as véis mais fino que batéu curosidade de saber proquê. Subiu no teiado da casa e precebéu que tinha uns buraco de telha quebrada, acabando discubrindo também por onde que entravon as gotéra, trocô as telha quebrada e quando drumindo estando o vénto assubiando como antigamente. Enton é iésto? O vénto entrando nos buraco das telha fáis assubiu diferente um do ótro, mais mésmo ansim, em nóite de ventania o vénto acordando iéu. Pra fazér experénça, iéu tirô uma das telha pra ver o tipo do assubiu e realmente diferença fazéndo, ficando mais fino. Resolvéu tirar duas telha longe uma da ótra pra iscuitar baruio do vénto, e desta véis vento assubiô em estério e um diferente do ótro. Enton resolvéu fazér mais um teste com o vénto, fói tirando uma telha, poco pra frénte tirô duas telha, póco pra frénte dexô buraco de tréis telha e ansim pro diante, na nóite vento entrando e féis som do dó-ré-mi-fá-sol-lá si. Iéu téve grande idéia, trepô no telhado e fói tirando as télha as véis de uma as véis de duas, despóis de quatro, despois de uma de vólta, as véis de tréis e méia pra das os sustinido e os bemol e féis uma seqüência no telhado intéro, quando dormindo estando e iscuitô vénto batendo nas árve ficô isperando o vénto si achegando no telhado, batata!! Quando vénto no telhado batendo tocô a músca “na gielone gaio”, iéu tinha inventado o telhado musical e resolvido os problema de perder sono, proquê quando acordando acabava drumindo de volta com o som do assubiu do vénto assubiando uma musca pra iéu drumir de novo, si chovendo non tendo tanto pobléma, iéra só ponhar uma bacia e uns pinico na gotéra e água usando pra lavar ropa. Tudo resolvido inté qui aparecéu uns camarada de crachá dum tal órgo dos direito autoral, tal de ECAD, queréndo cobrar taxa de iscuitaçon de musca, metendo multa proquê iéu tocando musca e qu iéles tinhon que pagar o autor da musca. Que Diabo!!!!, Iéu mandando os camarada esperar pra pegar dinhéro, enquanto iéles isperando iéu trepô no telhado e trocô todos os buraco das télha de lugar. Descéu do telhado e fói falar com os hóme, bém na hora que ia pagar pro autor do “na gielone gaio”, véio um pé de vénto, batéu no telhado e começo a tocar o “Xaxixon Verméio”, iéu preguntô pros sujéito se iéles conheciam o autor desta musca, disséron que non, enton iéu falando que sendo iéu mésmo e agora iéle pudiom pagar iéstes direito autoral pra mim como íon pro ótro. Non disséron nada, subiron no caro branco e foron embóra e inda devendo as conta. Quando é pra pagar os direito pra quém tém direito iéles don no pé, por iésto que vivem com os bolso chéio de dinhéro. Desgracéra Mésmo!!!

Publicado na edição 1250 – 25/02/2021

Telhado musical
Telhado musical 1