Terezinha Poly: Os eleitos de 1972

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Em novembro de 1972 Araucária elegeu seus novos representantes. Naquele ano foi eleito Prefeito Municipal o Bel. José Tadeu Saliba que teve como Vice Prefeito o Sr. Julio Grabowski e junto os novos e alguns reeleitos vereadores. O prédio da Prefeitura ainda estava situado na Praça Dr. Vicente Machado em uma modesta construção térrea metade em alvenaria e outra em madeira, o terreno seguia da praça central até os fundos, onde de frente para a Rua Major Sezino uma construção abrigava a Câmara Municipal, o prédio tinha dois andares, mas apenas o andar acima da Rua Major Sezino era a Câmara, no andar térreo na época setores da Prefeitura faziam atendimento.

A divisão do terreno destas duas construções já havia desde a construção dos prédios da municipalidade quando na década de 30 foram construídos, assim quando um Prefeito recebia o título do cargo os Vereadores também recebiam dentro do mesmo terreno. Esta foto apresenta os Vereadores eleitos e nomeados junto com o Prefeito Municipal. Na época Araucária tinha 9 (nove) Vereadores, todos muito conhecidos dentro da cidade e cada um deles vinha de lugares e bairros diferentes, cada um representava o eleitor que lhes confiou o voto.

Uma observação valiosa conhecida pela população é que os Vereadores eram eleitos para representar o povo e para essa representação não recebiam salários, e, acreditamos serem estes os últimos edis a serem eleitos para trabalhar e representar o povo sem remuneração financeira.

Na antiga Câmara os Vereadores não possuíam Gabinetes nem Assessores, as pessoas que os procuravam sabiam o dia que estavam no Plenário, apenas o Presidente possuía uma pequena sala e uma ante sala que era a Secretaria, as reuniões eram feitas uma vez por semana e ficava tomado por pessoas que assistiam e aproveitavam para fazer contato com seu eleito. Os vereadores não permaneciam na Câmara, mas todos os dias faziam visitas em bairros, escolas, ruas e constantemente eram cobrados das promessas de campanha, e na maioria das vezes cumpriam, naturalmente sempre havia algum desencontro de opiniões, mas nada que constrangesse quem quer que seja. Além do cargo de Vereador todos possuíam suas profissões, eram comerciantes, motoristas, profissionais liberais, mas todos bastante ligados às suas regiões.

Araucária era uma cidade pacata e ainda considerada rural, as grandes indústrias logo começariam a se instalar em nossa cidade, esses foram talvez os últimos Vereadores a participarem do governo da antiga Araucária. Vistos nesta foto estão as seguintes pessoas, na ordem esquerda pra direita fila de trás: Emílio Gunha, Francisco Franceshi, Júlio Grabowski (vice-prefeito), José Tadeu Saliba (prefeito), João Skraba, Acyr de Almeida Torres. Na fila de baixo da esquerda pra direita: Jorge Abud, Oldemar de Oliveira “Carioca” (presidente da Câmara), Edvino Wzorek, Emílio Ferreira, o Emilinho, e Atilio Pereira de Lima. Entre todas as pessoas aqui citadas apenas o Sr. Emilio Ferreira está entre nós, os demais vereadores, prefeito e vice-prefeito hoje são de saudosas memórias.

A Câmara de Vereadores e a Prefeitura Municipal permaneceram no endereço da Praça Dr. Vicente Machado e Rua Major Sezino até a década de 80. A Câmara foi a primeira a mudar seu endereço para Rua Irmã Elizabeth Werka, em seguida a Prefeitura para a Rua Pedro Druszcz, ambos em prédios modernos, grandes e em bairros separados, e assim como as mudanças ocorreram nas construções materiais, o número de vereadores passou a ser 11(onze), e desta feita com salários mensais, cada vereador tem seu gabinete e vários assessores nas diversas áreas. Foram muitas mudanças ocorridas, as lembranças da simplicidade e atendimento que cada vereador dedicava ao cargo não remunerado, mas principalmente destas pessoas que aprendemos a conhecer e respeitar hoje são parte de nossa história e saudades.

Edição n.º 1378

Compartilhar
PUBLICIDADE