Pesquisar
Close this search box.

Tribunal do Juri de Araucária absolve homem acusado de homicídio cometido em 2018

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Em julgamento realizado na quinta-feira (1º de junho), o Conselho de Sentença do Tribunal do Júri de Araucária absolveu o réu Claudinei Machado Batista, acusado da morte de Luiz Ricardo Clemente Guidete, ocorrida em março de 2018. Na votação dos quesitos, os jurados, por maioria, reconheceram a materialidade delitiva e concordaram que o acusado foi o autor dos ferimentos, entretanto, entenderam que ele deveria ser absolvido.

Consta nos autos que o crime ocorreu no dia 29 de março de 2018, por volta das 22h, em via pública, na rua Juriti, bairro Capela Velha. Naquele dia, o acusado Claudinei utilizou um facão para desferir vários golpes em Luiz Ricardo. Ainda de acordo com os autos, a vítima teria entrado em vias de fato com duas mulheres, respectivamente mãe e avó do réu, pois ‘não queria bagunça de crianças em frente à sua casa’. Após a briga, as duas mulheres tiveram que ir até a UPA para receber atendimento médico e na sequência foram levadas à Delegacia para prestar esclarecimentos.

Para vingar as agressões contra a mãe e a avó, Claudinei foi até a residência de Luiz, mas ele não estava. Então desceu até o final da rua Juriti e ficou esperando a vítima para um confronto. Quando Luiz passou de bicicleta, Claudinei o surpreendeu e desferiu um golpe de facão nas suas costas, fazendo com que caísse. Em seguida, aproveitando que ele estava no chão, desferiu outros golpes no pescoço e nas costas, bem como na região abdominal, provocando as lesões que foram a causa da sua morte.

Edição n. 1366