Compartilhe esta notícia

Troca de tiros, morte e ônibus incendiado - notícias da Policial  - O Popular do Paraná

Uma troca de tiros assustou moradores do jardim Arvoredo, no bairro Capela Velha, durante a tarde deste sábado, 21 de janeiro.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, um não teria atendido ao pedido de abordagem feito por uma equipe da RONE, corrido em direção a um matagal e atirado contra os policiais. No revide, ele acabou sendo alvejado e morreu.

O caso

Conforme informado pela PM, por volta das 17h,  uma viatura fazia patrulhamento pela região quando três rapazes levantaram suspeitas e, diante da aproximação da equipe, fugiram para um matagal que fica no final da rua Pintassilgo.

Como resposta, os policiais adentraram o matagal e teriam sido surpreendidos por um dos homens, que levantou do chão e começou a atirar. No revide, ele foi baleado e morreu antes da chegada do Siate.

Tumulto

Um pouco depois do confronto entre a equipe da RONE e os suspeitos, um grupo de moradores da região ficou revoltado com a situação e contestou a versão da polícia. Segundo eles, o homem morto era trabalhador e não tinha envolvimento com o crime. 

O morto não tinha sido identificado oficialmente até o meio da noite deste sábado, mas na região seu apelido era Nego Jão. Ele foi recolhido e encaminhado para o Instituto Médico Legal, em Curitiba.

Troca de tiros, morte e ônibus incendiado - notícias da Policial  - O Popular do Paraná

Troca de tiros, morte e ônibus incendiado - notícias da Policial  - O Popular do Paraná

Ônibus em chamas

Um pouco depois de o corpo de Nego Jão ter sido levado pelo rabecão ao IML e dos policiais deixarem o Arvoredo, um novo tumulto se iniciou na região. Isso porque um grupo de cinco sujeitos insatisfeito com a ação policial de mais cedo teria ido até a Avenida Avestruz e apedrejado um ônibus do TRIAR que atende os moradores do bairro. Não satisfeitos, eles pararam um outro coletivo e obrigaram o motorista a dirigi-lo até certa altura da rua Silvio Cantelle, onde – após o desembarque de todos os passageiros – atearam fogo no veículo.

A situação no local ficou muito tensa e só foi controlada após a chegada de novas equipes da Polícia Militar e da Guarda Municipal. O Corpo de Bombeiros também foi chamado para apagar o fogo que tomou conta do ônibus. Até onde se sabe, nem um passageiro ficou ferido.

Até o final da noite de ontem ninguém havia sido preso em razão do ataque aos ônibus. A investigação do caso fica por conta da Polícia Civil.

Troca de tiros, morte e ônibus incendiado - notícias da Policial  - O Popular do Paraná

Troca de tiros, morte e ônibus incendiado - notícias da Policial  - O Popular do Paraná

Troca de tiros, morte e ônibus incendiado - notícias da Policial  - O Popular do Paraná

Troca de tiros, morte e ônibus incendiado - notícias da Policial  - O Popular do Paraná

No Arvoredo.

Publicado por Jornal O Popular do Paraná em Sábado, 21 de janeiro de 2017

Compartilhe esta notícia
Fechar anúncio