Tudo vem do senhor

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

A história do fariseu que rezava cheio de fervor, enaltecendo sua vida correta, legalmente conforme os planos de Deus, jejuando duas vezes por semana e pagando o dízimo de tudo, parece que não agrada plenamente a Jesus. Pelo contrário, Jesus enaltece a atitude do publicano, que, embora seus muitos pecados, reconhece sua fragilidade e pede humildemente a Deus a compaixão. E Jesus conclui dizendo: ‘quem se exalta será humilhado e quem se humilha será exaltado’. O fariseu não fez absolutamente nada de errado, mas, o seu grande pecado foi achar-se perfeito e, mais do que isso, julgar o publicano e condená-lo com as suas palavras. Com essa atitude, o fariseu simplesmente nega o poder de Deus em sua vida, como se tudo fosse puramente mérito seu e digno de imensos louvores e elogios a si mesmo.
Por mais que busquemos caminhar nos caminhos do Senhor, por vezes erramos, falhamos, nos afastamos e desagradamos a Deus. Reconhecer a nossa fragilidade e a nossa pequenez, demonstra na verdade a nossa grandiosidade. No fundo, todos nós temos um pouco do fariseu, que se acha melhor do que o outro e, por isso mesmo, com tendências a culpar e a condenar o próximo. E a conversão exige exatamente isso: despir-nos da nossa arrogância e da nossa prepotência e vestir a veste da humildade, da simplicidade, buscando enveredar sempre nos caminhos do Senhor. A atitude do publicano, exaltada por Jesus, deve ser diariamente a nossa forma de conduzir a vida: bater no peito e colocar-se na direção da mudança e da transformação.
Quando assumimos a atitude de humildade, naturalmente aceitamos em nossa vida, o poder infinito de Deus. Tudo o que somos vem dele, como dom gratuito, que deve ser colocado a serviço dos outros. Nada fizemos para merecermos a nossa inteligência, o nosso corpo, todos os órgãos que dele fazem parte. Deus, na sua infinita bondade, nos dotou de tudo aquilo que é necessário para a nossa existência. Só nos compete colocar em ação, em movimento esses dons dele recebidos, oferecendo o melhor que existe em nós, a serviço do outro. Tudo vem de Deus, e, nós, como seus instrumentos, somos chamados para partilhar com os irmãos tudo o que somos e também tudo o que temos.
Ser missionário significa exatamente isso: estar pronto para servir, com humildade e sacrifício, elevando o nome do Senhor Jesus, através da nossa vida. E, tudo o que fizermos, deve ser feito para a glória de Deus, na pessoa do nosso irmão. Deus é glorificado na medida em que nos entregamos, servimos, amamos, ajudamos a quem precisa, nos dispomos a entregar a nossa vida em prol de um mundo melhor. Ali se manifesta a glória de Deus e tudo aquilo que dele recebemos gratuitamente. Como dizia Maria: Deus é grande e poderoso, e, ele fez em mim maravilhas, e olhou para a humildade de sua serva.
Passemos pela vida agradecendo diariamente tudo o que somos, porque, tudo é dom de Deus, que deve ser partilhado com os irmãos. E o melhor modo de reconhecermos o poder e a grandiosidade de Deus, é amando os irmãos, servindo a quem mais precisa, sendo solidários com os sofredores, porque, tudo vem do Senhor.

Tudo vem do senhor
.
Compartilhar
PUBLICIDADE