Reconhecido nacionalmente, o projeto “Rede de Empreendedores Digitais”, da Estácio de Sá, chegou a Araucária. Foto: Marco Charneski

Muitas pessoas perderam seus empregos ou viram seus rendimentos caírem em função da pandemia. Diante deste cenário, a Universidade Estácio de Sá desenvolveu o programa “Rede de Empreendedores Digitais”, que busca estimular o empreendedorismo no Brasil. Pensado não apenas para os alunos matriculados na instituição, o projeto chegou ao município no início deste ano como uma oportunidade de renda extra aos araucarienses, promovendo educação por meio da divulgação online dos cursos de graduação, graduação tecnológica e pós-graduação oferecidos pela universidade.

Para se tornar um consultor Estácio é muito fácil, rápido e sem burocracia. Totalmente gratuito, qualquer um pode se filiar ao programa “Rede de Empreendedores Digitais”, seja aluno ou não. Basta criar sua loja na plataforma da instituição e divulgar os cursos nas modalidades presencial ou à distância, ministrados pela Estácio, através do link gerado pela loja virtual nas redes sociais WhatsApp, Instagram, Facebook e demais.

Como a rede funciona?

Ao se cadastrar no portal da Estácio o empreendedor se torna dono de uma loja virtual exclusiva, onde vai encontrar todo material necessário para planejar as estratégias de divulgação dos cursos da instituição e começar a ganhar dinheiro em casa. A lógica é básica, quanto mais o vendedor divulgar seus links, maior será o número de pessoas que terão acesso a loja dele e, consequentemente, esse vendedor terá mais chances de faturar de forma ilimitada.

Evasão e inadimplência

Conhecido nacionalmente, o projeto da Estácio começou anos antes da pandemia, entretanto, o número crescente de evasão e inadimplência despertou a necessidade da universidade em assumir um compromisso com o desenvolvimento dos alunos. Assim nasceu o “Formou Indicação”, onde os estudantes garantem uma renda extra e ainda incrementam suas carreiras.

O sucesso da iniciativa em todo Brasil era certo, logo o projeto precisou crescer. Agora, além dos alunos Estácio, pessoas físicas, jurídicas e Microempreendedores Individuais (MEI’s) também podem se filiar e se tornarem representantes comerciais de um dos maiores grupos de educação privada do Brasil.

Segundo a Coordenadora Solaine, duas das principais características para fazer parte do projeto são gostar de desafios, e é claro, ter muita vontade de vender. “Nosso Representante é parceiro com atividade autônoma de captação de alunos para os cursos de graduação e pós-graduação nas modalidades presencial ou à distância. A operação pode ser porta a porta, televendas e vendas online, com uma rotina de trabalho bem organizada e focada em aumentar a produtividade”, explica a coordenadora.

Serviço

A oportunidade perfeita para quem sempre sonhou em empreender, mas não tinha capital ou experiência chegou a Araucária. Somando vantagens, a Estácio também disponibiliza no portal de acesso dos consultores, materiais didáticos sobre marketing, onde os filiados podem aprender ganhando.

Conheça mais sobre o projeto acessando https://rede.estacio.br/empreendedores-digitais. Você também pode entrar em contato com o Polo da universidade em Araucária pelo telefone (41) 3126-0500 ou ir pessoalmente conversar com a equipe. A Estácio está localizada na Rua Julia Thereza Bini, nº 500, no Centro.

Texto: Katty Ferreira

Publicado na edição 1296 – 27/01/2022

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp