Com uma de suas unidades localizada na rua dos Eucaliptos, bairro Capela Velha, em Araucária, a VCH – Importadora, Exportadora e Distribuição de Produtos Ltda está no país há mais de 20 anos e tem como missão proteger e educar pessoas todos os dias, fornecendo EPI’s de alta performance e produtos de segurança alimentar. Com foco constante em qualidade, tecnologia e respeito ao meio ambiente e a seus colaboradores, a VCH, cuja razão social anterior era Volk do Brasil cultiva, junto a seus clientes, uma relação duradoura, embasada na ética e, principalmente, na correta leitura de suas demandas e necessidades.

Possui no seu quadro, profissionais especializados em atender empresas dos mais diversos setores de mercado. Seus produtos atendem os segmentos da agricultura, coleta de lixo, construção civil, cosméticos e estética, eletroeletrônica, food service, frigoríficos, indústria alimentícia, limpeza profissional, madeireira, metal mecânica, mineração, petroleira, química, saúde e varejo alimentício. Com mais de mil referências e um rol de produtos que une a modernidade e alta performance, a VCH Importadora, Exportadora e Distribuição de Produtos Ltda apresenta uma linha completa de luvas, óculos de proteção, vestimentas e produtos de segurança alimentar indo muito além do convencional.

Destaque econômico

Destaque na economia

A VCH – Importadora, Exportadora e Distribuição de Produtos Ltda faz parte do Grupo Bunzl desde 2018, grupo britânico fundado em 1854 com sede em Londres, que tem fábricas no Brasil e Centros de Distribuição nos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra e joint-ventures na Ásia.

A empresa também é destaque econômico na cidade onde está inserida. É a 4ª colocada no ranking das 100 empresas privadas de Araucária que mais contribuíram para o Valor Adicionado, utilizado como referência para a repartição do Imposto sobre a Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) entre os municípios paranaenses. Em 2021 a companhia ocupava a 2ª posição.

Foto – Marco Charneski

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

A ética dos propagadores de fake news

O título desta crônica é provocativo, pois vivemos num tempo onde cada um é induzido a acreditar na sua fake news de preferência através da

Casa Bem Acabada

Iéste negócio da gente se meter a rabequista das véis dando o maior dos problema!! Sobrinha Roseli se achegando com cara cheia de felicidade contanto

Compartilhe