Por vezes, sem esperar,
sofremos abalos e dissabores,
leves, razoáveis, profundos
– de acordo com nossas escolhas
e as mais variadas circunstâncias –
e alguns tão arrasadores,
que nos sacodem e nos acordam
e podem até nos transformar.
Maravilha é amadurecer e evoluir,
desapegarmo-nos de ilusões:
ambições, vaidades, arrogâncias,
medos, culpas, preguiças,
invejas, ciúmes, vícios…
e de modo natural e simples
cultivar a beleza, a alegria,
a bondade, a humildade, a paz…
e então a vida flui, leve e doce,
e as dificuldades e crises,
sejam grandes, sejam pequenas,
tornam-se oportunidades de ouro
de evolução humana e espiritual.

Texto: Lauro Daros

Publicado na edição 1300 – 24/02/2022

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

O Rio Iguaçu (Parte 2)

O Rio Iguaçu inicialmente adentra o município apenas pela margem esquerda na Zona Rural após a foz do Rio Maurício, limite da Fazenda Rio Grande,

Vendendo o Monza

éu resolveu vender o Monza Cor de Bosta Fresca de Vaca Malhada, pra tocar por um altomóve mais moderno, mais novo, quem sabe uma destas

Década de 20

Nas primeiras décadas do século XX, Araucária ainda era uma cidade pequena, onde a maioria das residências estavam ao redor da Praça Dr. Vicente Machado

Avanços necessários!

É inegável que a cidade de Araucária obteve muitos avanços ao longo dos últimos anos em várias áreas, principalmente no que diz respeito ao transporte

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp