Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Em nossa última edição, presenteamos os leitores com algumas matérias abordando a temática da prevenção ao suicídio.

Essas matérias são uma forma de O Popular contribuir com o chamado setembro amarelo, que tem como objetivo discutir justamente formas de prevenção ao suicídio.

Em tempos como os que estamos vivendo, mais do que nunca, é sempre importante estarmos atentos aos sintomas que nos colocam para baixo. A ideação de suicídio é uma das últimas etapas de um processo de tristeza, desesperança e de questionamento sobre a sua importância no dia a dia de amigos e família.

Por isso, é extremamente importante ficarmos atentos aos sintomas iniciais do que pode se desdobrar numa depressão e suas consequências extremas. Mais do que isso, é muito importante ficarmos de olho se as pessoas em nosso entorno não estão manifestando tais sinais.

Viver é um constante desafio. E, num planeta com 7 bilhões de habitantes, encontrar a sua importância não é mesmo das tarefas mais fáceis. Mas, com certeza, todos temos a nossa.

Então, se você eventualmente está num momento de tristeza, de dificuldade em encontrar sua razão de existir, não hesite em procurar ajuda. Procure conversar com amigos, com pessoas da sua confiança. Se você for cristão ou frequentar algum tipo de religião, converse com seu pastor, padre, ou seja, lá qual for o nome que ele tenha dentro do credo que você segue.

Jamais hesite também de procurar ajuda profissional, seja ela um médico psiquiatra ou um psicólogo. São esses os profissionais preparados para nos ajudar em momentos em que o nosso dia parece mais cinza, que nossa vida parece não ter a mesma graça de sempre.

Pense sempre nisso! Boa leitura!

Publicado na edição 1281 – 30/09/2021

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Que ano!

A edição de O Popular que você tem em mãos é uma edição que não

Que ano!

Assim como o ano de 2020, o ano de 2021 foi desafiador. Foi estressante. Foi

A penúltima de 2021

A edição de O Popular que você tem em mãos nesta quinta-feira, 9 de dezembro,

O mal pelo mal

Nesse mundo encontramos todo tipo de pessoa, mas há um certo tipo que nos incomoda

Começo, meio e fim!

Tudo na vida tem um início, meio e fim. E não é porque eventualmente não

Um herói araucariense!

Em circulação há 23 anos, O Popular é hoje um arquivo vivo da história de