Araucária registra caso de raiva em morcego e CCZ pede que população fique atenta

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Nesta semana, a Secretaria Municipal de Saúde (SMMA) registrou mais um caso positivo de raiva em morcego, desta vez na região central da cidade, bem próximo ao prédio da Prefeitura. É o terceiro caso de registro da doença detectado pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) nos últimos doze meses

Em razão disso, o CCZ emitiu um alerta aos moradores de Araucária para que fiquem atentos caso encontrem o animal pela cidade. Isto porque, um morcego caído no chão, desorientado, voando de dia, com dificuldade para voar, agressivo ou mesmo morto pode ter o vírus da raiva, uma doença que pode levar à morte.

Segundo comunicado emitido pelo CCZ, o vírus que causa a raiva está presente na saliva dos morcegos doentes. O risco de infecção ocorre após o bicho morder ou mesmo arranhar uma pessoa. A colaboração da comunidade é muito importante para que nenhuma pessoa seja infectada.

O que fazer?

Ainda de acordo com o CCZ, caso você encontre um morcego, em hipótese alguma pode tocá-lo. O máximo que a pessoa pode tentar fazer é aprisioná-lo com um balde ou bacia virada para baixo com um peso acima para que ele não consiga fugir. O passo seguinte é ligar imediatamente para o setor de controle de zoonoses da cidade nos telefone (41) 3901-5286, 3901-5281, 3901-5134 ou 0800-643-3005.

Morcego é importante para o equilíbrio ambiental

Embora a cidade tenha registrado esses casos de raiva em morcegos, é importante salientar que o animal não se tornou um vilão e segue sendo essencial para que consigamos manter o equilíbrio ambiental. O morcego, por exemplo, contribui para a polinização, ajudando a dispersar sementes e a controlar a população de insetos, já que 70% deles só se alimentam disso. Por isso, nada de querer bancar o Pinguim e o Coringa e sair por aí querendo matar o pobre do morcego como se ele fosse o Batman. Até porque, é bom lembrar que o alerta emitido pelo CCZ se restringe apenas a morcegos que apresentam indícios de que ele pode ter o vírus da raiva.

morcego

Texto: Waldiclei Barboza c/ ACS/PMA / Foto: Divulgação

 

Procure um médico

Outro ponto destacado pelo CCZ é que, caso você tenha tocado ou mordido por um morcego, deve imediatamente procurar um médico para que seja submetido ao tratamento adequado.