Pesquisar
Close this search box.

Pilotos araucarienses estão detonando na Fórmula Truck

Imagem de destaque - Pilotos araucarienses estão detonando na Fórmula Truck
Foto: Divulgação
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Sentir a adrenalina de dirigir um caminhão em uma pista de corrida, acelerar, ultrapassar o adversário, receber a bandeirada quadriculada na chegada, ouvir o grito da arquibancada e subir no pódio. Este é o sonho para muitas pessoas, porém virou realidade para os araucarienses Adriano Rocha e Ricardo Ançai.  Os dois são empresários, Ricardo é dono da Cecatto Auto Peças e Adriano da Molas Cidade Nova. Sempre envolvidos com o mundo automobilístico, eles embarcaram em uma aventura desde o ano passado: se tornaram pilotos de Fórmula Truck.

Já ostentando seus nomes de guerra nas pistas, Zoinho 17 e Ricardinho 600 vem chamando a atenção pelo desempenho nas provas que participam. No dia 21 de abril eles correram em Guaporé e no dia 03 de junho vão correr em Cascavel. 

Paixão pelos ‘brutos’

Adriano, desde a infância, nutriu uma paixão por caminhões. Aos 18 anos, transformou esse amor em profissão ao tornar-se caminhoneiro e, simultaneamente, construir sua família ao se casar. Com 25 anos, viu sua vida mudar com o nascimento de sua primeira filha, a qual acompanhava nas viagens ao lado de sua esposa.

“No entanto, um imprevisto abalou minha família, quando fomos vítimas de um assalto que deixou cicatrizes. Pensando em proteger os meus, decidi deixar a estrada e dedicar-me à manutenção de caminhões. Fundei minha própria empresa, e me mantenho firme nessa jornada até hoje”, relata.

Em 2023, Adriano teve a oportunidade de resgatar seu sonho, participando da temporada da Fórmula Truck com o “fuscão”. Engajado, competiu na categoria Bomba Injetora. Agora, em 2024, ele está pronto para um novo desafio ao estrear na categoria Eletrônica.

Ricardo, por sua vez, desde muito jovem, sempre teve o universo dos caminhões sempre esteve presente em sua vida. “Essa proximidade despertou em mim uma paixão pelo automobilismo. Iniciei minha jornada competitiva nas pistas de motocross e velocross, onde aprendi a dominar a arte da velocidade e da habilidade. Mais tarde, busquei novos horizontes no rally, desafiando-me. No entanto, foi dentro da Fórmula Truck que finalmente me encontrei”, conta o piloto.

Para seguir acelerando seus caminhões nas pistas de corrida e dividindo curvas com os adversários, a dupla precisa de patrocínios. Interessados em ter suas marcas vinculadas aos pilotos, podem entrar em contato pelos fones (41) 98761-7676 ou pelas redes sociais Instagram @zoinhopiloto e @ricardoancay. Também é possível acompanhar tudo pelo perfil da Fórmula Truck no Youtube ou pela RedeTV.