Compartilhe esta notícia
Casal é preso com drogas, que alimentavam o mercado do tráfico - notícias da Policial  - O Popular do Paraná
Drogas e dinheiro apreendidos foram encaminhados junto com os detidos, para a Delegacia de Araucária. Foto: divulgação

Na noite desta terça-feira, 8 de setembro, uma equipe da Polícia Militar fazia um patrulhamento pela rua Maria Edith de França Trauczynski, no bairro Passaúna, em um local conhecido como ponto de tráfico de drogas, quando percebeu que havia uma movimentação de pessoas, e no final do beco, tinha um indivíduo suspeito, sentado em um sofá em frente a uma casa. O homem foi abordado e na revista pessoal foram encontradas no bolso de sua jaqueta 15 pedras de crack, 5 buchas de cocaína, 8 embalagens contendo maconha e ainda uma quantia em dinheiro, em cédulas trocadas.

Ele informou aos policiais que morava naquele endereço e que na sua casa havia mais drogas. A equipe fez buscas e encontrou dentro da residência, uma mochila verde em um dos quartos, contendo mais algumas buchas de crack, cocaína e maconha. Segundo a PM, no total foram apreendidas 102 buchas de crack, 53 buchas de cocaína e 19 embalagens com maconha. Ainda na mochila tinha uma máquina de cartão de crédito e mais uma quantia em dinheiro, em cédulas trocadas. Uma sacola plástica também foi encontrada, com uma quantidade de moedas, de diferentes valores.

Em novas buscas, os policiais encontraram na área externa da casa, uma pá com marcas de terra e perceberam que o solo estava recém mexido. Diante disso foi cavado um buraco no chão e localizados dois tabletes de maconha envolvidos em uma sacola plástica, totalizando 938 gramas.

Diante disso, o casal responsável pela residência recebeu voz de prisão e foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Araucária, juntamente com a droga e uma quantia em dinheiro. A dupla deverá responder pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico. Ainda segundo a PM, um dos filhos da mulher, que estava nessa mesma residência, já havia sido preso no último dia 31 de agosto, por tráfico de drogas, associação ao tráfico, corrupção de menores e porte ilegal de munição e equipamento de uso permitido. Porém, naquela data, não teve ligação direta com a situação em flagrante. As drogas, dinheiro e objetos apreendidos com ele também foram entregues na DP.

Publicado na edição 1229 – 10/09/2020

Compartilhe esta notícia
Fechar anúncio