O homicida foi levado à DP pelo carro roubado e lá confessou ter matado Raul
O homicida foi levado à DP pelo carro roubado e lá confessou ter matado Raul

Um crime que aconteceu no dia 13 de janeiro foi esclarecido pela polícia na tarde de sexta-feira (06), sob a investigação da equipe do Delegado Guilherme Fagundes. Investigadores da Polícia Civil de Araucária prenderam Paulo Henrique Rodrigues, suspeito de ter matado com 10 tiros Raul Alves Ramos após uma discussão no Capela Velha.

Após investigações e denúncias da população, policiais localizaram a casa de Paulo Henrique e conseguiram um mandado de busca para procurar a arma do crime. Chegando até a residência do rapaz, Paulo foi autuado em flagrante por estar com um carro Citroën C3, placas AYR-9076, roubado em Curitiba.

Ele foi levado até a Delegacia de Polícia e lá confessou o homicídio de Raul. O criminoso ainda contou que, momentos após o homicídio, jogou a arma em um rio. O Delegado não estipulou fiança e Paulo Henrique permanece na DP aguardando a decisão da Justiça.

Texto: Rafaela Carvalho / Foto: POLÍCIA MILITAR

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

A ética dos propagadores de fake news

O título desta crônica é provocativo, pois vivemos num tempo onde cada um é induzido a acreditar na sua fake news de preferência através da

Casa Bem Acabada

Iéste negócio da gente se meter a rabequista das véis dando o maior dos problema!! Sobrinha Roseli se achegando com cara cheia de felicidade contanto

Compartilhe