Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Consumidores de Araucária estão na bronca com a Copel, devido às constantes quedas de energia elétrica registradas na cidade. São inúmeras as reclamações que chegaram até a redação do Jornal O Popular, sendo a maioria delas de moradores dos bairros Iguaçu, Cachoeira e do Centro. Segundo eles, os picos de luz têm sido bastante frequentes, em alguns casos, com várias oscilações em um mesmo dia. “Na quarta-feira passada (8 de julho), as piscadas de luz foram constantes, durante boa parte do dia e, desde então, as oscilações não pararam mais”, reclamou um morador do Iguaçu. Outro morador do bairro disse que a Copel está deixando a desejar. “Por falta de competência ou não sei o que está havendo. Todos os dias a luz cai e volta em seguida, pelo menos umas duas vezes”, criticou.

Outro morador, desta vez do Cachoeira, comentou que por conta das constantes faltas de luz, já teve problemas com eletrônicos e eletrodomésticos. “Teve uma situação que a luz piscou tantas vezes, que deu pane na minha televisão, e quero saber quem vai pagar a conta. Por falar em conta, essa vem todo mês, sem nenhum desconto, apesar das constantes faltas de energia elétrica. A gente só quer saber se esse problema é provisório ou vai acontecer sempre, porque é um desrespeito com o consumidor”, denunciou.

Um morador do Centro ressaltou que os picos de luz causam muito transtorno. “Estamos trabalhando online e quando desliga o computador de repente, às vezes a gente perde o trabalho feito. Até reiniciar demora. Sem contar que esses picos podem estragar alguns aparelhos”, pontuou.

Interrogada sobre a questão, a Copel informou que nos bairros citados e no dia referenciado pelos moradores, ocorreu uma interrupção no Posto Transformador 88316J9958, que afetou 47 unidades consumidores, no período compreendido entre 13h53 e 14h40, totalizando 47 minutos. No atendimento, foi feita substituição de um elo fusível de proteção no referido equipamento elétrico. As informações preliminares repassadas à Copel indicaram que um trator encostou nos cabos elétricos na avenida Victor Ferreira do Amaral, s/n, ocasionando a falta de energia.

A Copel disse que se solidariza com a população e entende que a energia elétrica é essencial para o desenvolvimento das atividades, tanto para população urbana quanto para os produtores rurais. Entretanto, é necessário esclarecer que, embora indesejados, os desligamentos/oscilações de energia podem ocorrer uma vez que os sistemas elétricos de distribuição de energia, por mais aperfeiçoados que sejam, estão sujeitos a interrupções decorrentes de fatores que não estão sob seu controle, como ação de intempéries, acidentes provocados por terceiros e atos de vandalismo.

Quanto aos desligamentos programados, o aviso é emitido para toda a unidade consumidora afetada. Com a abertura de chamado, pelo cliente, no número 0800 5100116, o pedido é avaliado pela área competente, e se deferido, o cliente será indenizado.

Texto: Maurenn Bernardo

Foto: Marco Charneski

Publicado na edição 1221 – 16/07/2020

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM