Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

O cadáver já estava em estado de decomposição
O cadáver já estava em estado de decomposição

Na manhã da última terça-feira (30), uma moradora de Guajuvira encontrou um cadáver boiando às margens do rio Iguaçu. O corpo estava enroscado em alguns galhos e já em estado de decomposição.

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros ajudaram na retirada do corpo que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal, e, posteriormente, identificado como Renato de Souza Padilha, 66 anos. O perito não conseguiu informar se haviam lesões devido ao período em que o corpo permaneceu na água.

O idoso havia desaparecido no centro de Curitiba há pouco mais de uma semana e a família de Renato afirmou que ele sofria de depressão. Alguns dias depois do seu desaparecimento, o carro de Renato foi encontrado com as chaves na ignição abandonado na ponte do rio, na Rodovia do Xisto.

A Polícia Civil não descarta nenhuma hipótese da causa da morte do idoso, mas vem traba­lhando com a suspeita de suicídio, visto que o corpo foi encontrado com a mesma roupa que Renato vestia na data de seu desaparecimento, uma camiseta vermelha e calça preta.

Renato de Souza Padilha havia  desaparecido em Curitiba há pouco mais de uma semana
Renato de Souza Padilha havia
desaparecido em Curitiba há pouco
mais de uma semana

A Delegacia de Araucária investiga o caso e a partir de agora aguarda o laudo do IML para des­vendar o que aconteceu de fato com Renato.

Texto: RAFAELA CARVALHO / Fotos: marco charneski / divulgação

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM