Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

 A equipe “Meninas da Corrida” marcou presença na Halloween  Night Run, em Curitiba
A equipe “Meninas da Corrida” marcou presença na Halloween
Night Run, em Curitiba

Centenas de monstros, zumbis, noivas-cadáveres e outros personagens assustadores decidiram colocar a preguiça para correr na última semana. Todos eles participaram da Corrida do Halloween, que movimentou o Parque Barigui no dia 24 de outubro ao arrancar muitas risadas e uma boa dose de medo dos participantes.

De acordo com a araucariense Érica Gomes, a iniciativa é ótima para incentivar a prática de exercícios físicos e os relacionamentos. “Eu e minhas amigas participamos da corrida do ano passado e nos divertimos muito com os monstros que apareciam em todo lugar, com os caixões e abóboras espalhados pelo caminho e com a floresta assustadora. Então, decidimos participar novamente”, conta.

Para isso, ela e as companheiras de corrida Vanderleia, Gerciane, Arlete, Gislaine, Dani, Magali e Michelle decidiram caprichar no visual e entrar com tudo na brincadeira. “Em 2013 nós customizamos nossas fantasias colando aranhas, morcegos e monstros nas roupas, mas decidimos que neste ano iríamos nos fantasiar mais e escolher personagens com a cara do Halloween”, conta Vanderleia Moroni.

Segundo a atleta, o grupo fez algumas pesquisas, conversou bastante a respeito e decidiu vestir as roupas da Monster High. “Só não imaginávamos que faríamos tanto sucesso. As crianças que foram com os pais reconheciam as personagens, elas sabiam os nomes de cada uma, e muitas mães também tiraram fotos para levar para as filhas que ficaram em casa. Foi super legal”, conta. “Podemos dizer que nos tornamos as celebridades da noite”, brinca Érica.

Depois da sessão de fotos, as personagens da Monster High se uniram aos demais competidores nos desafios de percorrer 6km ou 9km pelos “caminhos sombrios” da prova. “O percurso é muito legal porque eles colocam luzes diferentes, constroem o túnel do terror que é muito bacana, e na parte do bosque existem sons assustadores e monstros que aparecem para te assustar”, recorda Vanderleia.

A atleta Vanderleia Moroni ganhou o prêmio de melhor fantasia
A atleta Vanderleia Moroni ganhou o prêmio de melhor fantasia

Prêmios

No entanto, o momento mais especial da noite ainda estava por vir. “O pessoal da organização selecionou 10 fantasias maquiadas para concorrer a uma viagem para qualquer lugar do Brasil com acompanhante. Da nossa equipe, eu e a Gerciane concorremos, e eu tive a alegria de ser premiada. Adorei!”, comemora a atleta que estava fantasiada como a Monster High Frankie Stein.

Agora, as “Meninas da Corrida” incentivam outros araucarienses a também aproveitarem essas oportunidades e se exercitarem. “Essa é uma corrida para incentivar não só a prática de esportes, mas principalmente a interação com os amigos. Então, no ano que vem estaremos lá novamente e já estamos pensando nas fantasias. Aguardem”, adianta a equipe.

Texto: Raquel Derevecki / Foto: Divulgação

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM