Em um mês, casos de Covid crescem 360% em Araucária

Abril registrou o menor número de mortes por Covid em dois anos no Paraná -
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Depois de uma queda vertiginosa registrada ao longo de boa parte do mês de abril, Araucária voltou a registrar um crescimento acentuado de contaminações pelo novo coronavírus em seus moradores.
Os dados do boletim epidemiológico divulgados diariamente pela Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) mostraram que nesta quarta-feira, 25 de maio, eram 644 os moradores locais com vírus ativo no corpo e, por consequência, em isolamento. O número 360% maior do que o registrado no dia 25 de abril, exatamente um mês atrás.
E o número de contaminados chegou a ser muito maior na segunda-feira (23), quando eram 726 os pacientes contaminados. Questionado sobre os motivos que podem ter resultado neste crescimento quando muitos já consideravam a pandemia coisa do passado, o Departamento de Vigilância em Saúde da Prefeitura pontuou que o contato próximo com pessoas contaminadas segue sendo a principal razão de contágio. “O vírus é de transmissão respiratória, então a permanência em ambiente não ventilado, sem máscara é o principal fator”, informaram em nota.
O Departamento de Vigilância em Saúde acrescentou ainda que, embora o uso da máscara tenha sido suspenso na maioria dos locais, ainda existe a recomendação de o acessório seja usado, já que é uma medida altamente eficiente para reduzir a transmissão. “Além disso, agora nos dias de maior frio, quando as pessoas ficam em ambientes mais fechados, a máscara é uma ferramenta importantíssima” acrescentaram.

Em um mês, casos de Covid crescem 360% em Araucária
Foto – divulgação

Texto: Waldiclei Barboza