Escola Sebastião Tavares recebe atividades do projeto “Meros do Brasil”

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Os estudantes da Escola Municipal Sebastião Tavares da Silva, no Jardim Planalto, estão tendo uma experiência diferente e educativa, a partir de um projeto ambiental que vem sendo desenvolvido na instituição. É o projeto Meros do Brasil, cujo objetivo principal é a conservação dos peixes Meros e dos ambientes costeiros e marinhos por meio da realização de ações de pesquisa, educação e comunicação.

A supervisora ambiental do projeto, Patrícia Zeni, relata que os conteúdos trabalhados na Escola Sebastião são focados na educação ambiental e na pesquisa. “Aqui no Paraná eu sou responsável pelas ações de educação ambiental, e trabalhamos para a preservação do peixe Mero, um peixe oceânico que todos os anos se reproduz nos oceanos e vem até os mangues para crescer. É uma espécie que está ameaçada de extinção e por isso trabalhamos com pesquisas, para saber quantos da espécie ainda existem. Mostramos isso aos estudantes e nesse contexto de preservação, trabalhamos com a educação ambiental”, explicou Patrícia.

Através do projeto, os alunos aprendem que tudo que produzimos de lixo, se não tiver a destinação correta, vai parar nos oceanos. Também aprendem sobre a questão do esgoto, que quando não tratado, vai parar nos oceanos, impactando negativamente na vida do Meros e de outros peixes. “Especificamente na Escola Sebastião, trabalhamos com atividade de educação ambiental que se chama Gotinha, aquela gota que sai da nossa casa e vai parar no oceano. Nessa atividade, as crianças se transformam em uma gota d’água e são poluídas na sua casa, através do uso da cozinha, do banheiro e depois vão para o ralo, como se fosse pro esgoto. Separamos as turmas em dois grupos: um deles simula a gota que vai pro tratamento de esgoto e sai limpa, até chegar no mar, e o outro simula a gota que não passa pela estação de tratamento de esgoto, então chega poluída no rio e depois, ainda contaminada, vai parar no mar. No final dessa atividade mostramos a importância do tratamento de esgoto e a separação dos resíduos”, explica a supervisora do projeto.

As atividades do Meros do Brasil na Escola Sebastiao Tavares foram desenvolvidas nos dias 01, 03 e 09 de agosto, e envolveram 13 turmas do ensino fundamental I, totalizando 300 alunos. “Na sequência, os professores da própria escola darão continuidade às atividades”, reforçou Patrícia.

Texto: Maurenn Bernardo

Compartilhar
PUBLICIDADE