Na manhã de sábado, 10 de janeiro, por volta das 8 horas, um comerciante abria seu estabelecimento localizado no jardim Sabiá quando foi abordado por dois assaltantes armados. Pra tentar intimidar a vítima, um deles chegou a erguer a camisa e mostrar a arma na cintura. O comerciante foi rendido e só lhe restou ficar vendo os dois malandros roubarem uma grande quantia em dinheiro e mais uma quantia considerável em cheques. Em seguida os dois fugiram, sentido ignorado. A Polícia Militar foi chamada, fez buscas pelas redondezas, mas desta vez os malandros levaram a melhor.

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

A ética dos propagadores de fake news

O título desta crônica é provocativo, pois vivemos num tempo onde cada um é induzido a acreditar na sua fake news de preferência através da

Casa Bem Acabada

Iéste negócio da gente se meter a rabequista das véis dando o maior dos problema!! Sobrinha Roseli se achegando com cara cheia de felicidade contanto

Compartilhe