Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Alice tem apenas cinco anos, já passou por várias cirurgias de grande porte e sua luta ainda está longe de acabar. Foto: divulgação

Quem olha para a Alice, de apenas 5 anos, sempre sorridente, não imagina todo sofrimento que a garotinha já enfrentou e ainda terá que enfrentar. Ela nasceu com uma cardiopatia congênita grave, já fez duas grandes cirurgias, uma toracoplastia e 4 cateterismos. E mesmo após todos esses procedimentos, Alice ainda trava uma batalha pela vida, e precisa fazer mais uma cirurgia cardíaca, de grande porte, e terá que ser urgente. Por conta da doença, o pulmão direito da garotinha está muito comprometido e ela corre o risco de perder o órgão.

“A equipe que sempre cuidou da minha filha recuou ao falar da cirurgia, alegando que ela não resistiria a um novo procedimento. Não contentes com o diagnóstico, fomos para São Paulo, à procura de um especialista em casos complexos. Encontramos o Dr Rodrigo, que prontamente nos disse que poderá realizar o procedimento na Alice. Então decidimos que faremos a cirurgia com ele, porém o maior problema é que a equipe cirúrgica não é cadastrada com nosso convênio. Sendo assim, teremos que arcar com todas as despesas médicas e mais os gastos com medicamentos, hospedagem e alimentação. Como não temos condições, decidimos fazer uma campanha para conseguir operar minha filha”, explicou a mãe Adriane Rodrigues Rosa.

Custos

O valor da cirurgia que a Alice precisa é R$ 90.000,00, sem contar com as demais despesas. Para conseguir esse valor, a família fez uma vakinha virtual https://www.vakinha.com.br/vaquinha/cirurgia-da-princesa-alice.
Além da vakinha, é possível ajudar fazendo um PIX, na chave CPF 084.036.619-16, em nome de Adriane Rodrigues Rosa.

“Qualquer valor será bem-vindo, Deus abençoe a vida de cada um que contribuir. Nossa pequena merece o melhor e em nome de Jesus, nós vamos conseguir”, pediu a mãe.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1280 – 23/09/2021

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM