Araucária PR, , 11°C

Lixão no Loteamento Uirapuru cresce de forma desenfreada

Frequentemente caminhões, alguns vindos de fora, são flagrados despejando resíduos nas ruas do loteamento. Foto: Marco Charneski
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Lixão no Loteamento Uirapuru cresce de forma desenfreada
Frequentemente caminhões, alguns vindos de fora, são flagrados despejando resíduos nas ruas do loteamento. Foto: Marco Charneski

Moradores próximos ao Loteamento Uirapuru, no bairro Costeira, estão indignados com as montanhas de lixo, que estão tomando conta de quase todas as ruas. Um dos moradores chegou a enviar fotos para a redação do Jornal O Popular, denunciando o descarte irregular de resíduos, que vem sendo feito por caminhões, alguns vindos de fora da cidade. As imagens mostram que um verdadeiro lixão a céu aberto se formou no loteamento, e tem crescido de forma desenfreada.

Esta não é primeira vez que os moradores reclamaram. Inclusive em uma das ocasiões, há cerca de três anos, as denúncias acabaram motivando a Secretaria do Meio Ambiente e a empresa proprietária da área, a AZ Imóveis, a firmarem um acordo para fazer a limpeza das ruas. No entanto, segundo afirmam os moradores, o lixão não demorou muito a reaparecer. “Desde então, nenhuma nova ação de limpeza foi feita por aqui, está uma vergonha, as ruas começam a ficar com cara de aterro sanitário”, disse uma moradora. “Será que a Prefeitura não está notificando a empresa dona do terreno? Eles que tem que tomar providência para que as pessoas parem de jogar lixo nas ruas. Talvez construir um muro, colocar câmeras de segurança, ou sei lá o quê. O importante é que tomem uma providência, porque essa montoeira de lixo tá cada vez pior. No final de semana tinha um caminhão caçamba jogando entulhos aqui. E em dias de chuva vira uma infestação de ratos”, comentou outro morador.

Fiscalização

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) informou que, recentemente, a Prefeitura fez a limpeza dos resíduos que estavam em via pública na José Gondek e em um terreno que pertence ao Município. Explicou ainda que o descarte irregular de lixo é considerado crime ambiental e o responsável pode responder por isso. No caso de terreno particular, a responsabilidade pela limpeza, isolamento (muro), calçada e conservação, é do dono do imóvel. Ele pode ser culpado mesmo que não tenha sido ele quem tenha jogado lixo no terreno, já que é o responsável legal por cuidar do local.

Ainda de acordo com a SMMA, quem notifica sobre o descumprimento dessa responsabilidade de limpeza e conservação é a equipe de fiscalização da Secretaria de Urbanismo (SMUR). Caso o proprietário notificado não atenda sobre a limpeza, há possibilidade de multa. “Mas é importante esclarecer que, de acordo com a equipe de fiscalização da SMUR, o último registro de reclamação de morador sobre situação envolvendo lixo em terreno no loteamento Uirapuru foi em 2019”, disse a Prefeitura.

As solicitações sobre fiscalização podem ser feitas via telefone/WhatsApp: 3614-1450.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1277 – 02/09/2021