Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

14741101_1591180994511222_146937424_n
Na manhã desta quinta-feira, 13 de outubro, foi a vez dos colégios Estadual Professora Marilze da Luz Brand e Dias da Rocha serem ocupados pelos estudantes, em sinal de protesto contra a Medida Provisória 746, que estabelece mudanças no ensino médio, e a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que limita o aumento dos gastos públicos.

O primeiro a ser ocupado foi o Fazenda Velha, na tarde de terça-feira, dia 11, logo após uma manifestação feita pelos alunos em frente ao Colégio Szymanski, seguida por uma passeata em direção à instituição. Segundo informações, os estudantes do Helena Wysocki também já estariam se mobilizando para ocupar o colégio nas próximas horas.
da2e2e85-1cbd-4725-9acd-a32ed5a3170f
Durante as ocupações, os alunos desenvolvem debates e discussões e pequenos serviços nos imóveis ocupados. No Marilze, os ocupantes estão organizando uma atividade diferente para a noite de hoje: um cineclube aberto a alunos e a comunidade, no horário das 19 horas.

Enquanto isso, no Fazenda Velha, os estudantes agradecem as pessoas que estão contribuindo com alimentos, produtos de limpeza, produtos de higiene, entre outros. “Obrigado ao Sismmar, a família Krul (Tati, Thais e Terezinha), a mãe da aluna Samara, e a aluna Franciely e sua mãe, que estão nos ajudando muito”, afirmam os estudantes.
a082812c-8fa7-49d8-ae7d-b0e6b701ecde

Saldo

Segundo a última atualização do movimento do Facebook, Ocupa Paraná, até a manhã de hoje, o número de colégios ocupados no Estado era de 250, além de três universidades.
14647299_1591181197844535_500690598_o
Texto: Maurenn Bernardo / Foto: divulgação

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM