Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

O campeão promete se preparar para a Segunda Divisão de Amadores
O campeão promete se preparar para a Segunda Divisão de Amadores

Os jogadores do América e do Três Jardins sabiam que aquela seria uma grande partida. No entanto, ninguém imaginava que o confronto seria tão difícil. A decisão da 2ª Copa Tatu­zinho aconteceu no último do­mingão, 13 de março, e contou com a presença de quase 400 torcedores no campo do Seleto.

Bons de bola, os times entra­ram em campo animados e logo deram aos torcedores do América motivos para comemorar. “Eles marcaram dois gols no primeiro tempo, então deixaram o adversário em uma situação difícil”, conta o organizador Manoel Fagundes. Só que a conversa no intervalo foi séria para o Três Jardins, e os garotos da equipe voltaram prontos para fazer a diferença.

“Rapidamente eles se encontra­ram no jogo, colocaram o coração na ponta da chuteira, e conseguiram o empate de 2×2, levando a partida para as penalidades”, conta o presidente Marcos (Dentinho), que viu sua equipe vencer nos pênaltis.

Incrivelmente, o time de meninos do bairro deu a volta por cima, levando para casa o prêmio de R$ 1.500,00 e o troféu da competição. “Por isso, eu quero agradecer à raça e união do nosso time, ao empenho do treinador Zair, ao Fagundes pelo bom campeonato reali­zado e também às nossas esposas que prepararam um grande almoço de comemoração para o time após a vitória”, afirma Dentinho.

Grandes jogos como esse animam os organizadores Fagundes e Tatu a continuar organizando torneios na cidade e, por isso, eles já estão planejando uma nova competição de veteranos. “Mas, antes disso, queremos parabenizar os dirigentes e atletas por tornarem esse torneio tão bom e disciplinado. Vocês fizeram a diferença!”, garante Fagundes.

Taça Paraná continua enrolada…

Enquanto o torneio não tem data, o Costeira aproveita para treinar intensamente
Enquanto o torneio não tem data, o Costeira aproveita para treinar intensamente

Ano passado, os primeiros jogos da Taça Paraná aconteceram no dia 8 de março. No entanto, já estamos no dia 17 do mesmo mês e as equipes classificadas para a competição não receberam nem mesmo a confirmação da data do Arbitral. “Já entrei em contato duas vezes e eles falaram que me avisariam mais perto da data. Ainda estou esperando esse aviso”, relatou Adilson Soczek, técnico do Costeira Juvenil.

Diante dessa situação, a equipe tem aproveitado os fins de semana para treinar com times adultos da cidade, e os resultados nos amistosos são animadores. “Vencemos o Internacional no dia 12 por 3×0 com gols de Luhan, Renan e Michel, e já estamos preparados para enfrentar o Gralha Azul adulto às 15h30 deste sábado, dia 19, no Centro Esportivo do Costeira”, informa.

As chances de o time juvenil alcançar o bicampeonato crescem a cada fim de semana que o grupo se dedica aos treinos. No entanto, a situação é bem diferente para a equipe Jatobá, que está classificada para representar a cidade na Taça Adulta, mas não realizou nenhum amistoso oficial. “Até fizemos um na semana passada, mas estava faltando muita gente, então nem vale a pena falar muito”, comenta o treinador Wagner Cardoso.

Texto: Raquel Derevecki / FOTOS: EVERSON SANTOS

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM