Moradores do Santa Eulália vão se reunir para pedir mais segurança às autoridades

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Moradores do jardim Santa Eulália devem se reunir com o Conselho de Segurança de Araucária (CONSEG) na próxima terça-feira, 27 de março, às 19h, na rua Maria Fressato Basso, número 130, para discussão sobre a segurança na região.

De acordo com a líder comunitária Lucimara Ferreira Lima, que mora há mais de 20 anos no bairro, há muitos usuários de drogas na região, fato que tem gerado medo nos moradores. “Nos últimos dias um rapaz foi morto a tiros em plena luz do dia no bosque do Santa Eulália. Ou seja, um local que seria para lazer, para passearmos com as crianças e termos sossego, virou um espaço perigoso”, disse, complementando que o cheiro de maconha no bosque é muito forte durante o dia e à noite.

Ela agradeceu a Guarda Municipal e a Polícia Militar, que diariamente realizam rondas na região, mas disse que, mesmo com a presença das equipes policiais, o problema não está sendo sanado. “Vamos ter que achar um jeito de fazer com que esse pessoal que vem até aqui para usar drogas saia da região, porque não se trata de moradores, são pessoas de fora. Sofremos já há alguns anos com isso e está mais do que na hora da comunidade reagir. Precisamos ver o que mais a polícia pode fazer com nós e analisarmos em conjunto o que pode ser feito”, afirmou.

 

Publicado na edição 11105 – 22/03/2018