Araucária PR, , 13°C

Pelo menos por enquanto, Araucária não terá antecipação da 2ª dose

Foto: Carlos Poly
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Pelo menos por enquanto, Araucária não terá antecipação da 2ª dose
Antecipação só irá ocorrer quando o Município receber uma nova remessa de doses. Foto: Carlos Poly

Araucária não está seguindo o mesmo exemplo que outros municípios, que estão antecipando a segunda dose da vacina contra a Covid 19. A explicação é simples: a cidade ainda não recebeu um volume de doses suficientes para isso. No entanto, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o Ministério da Saúde prevê o envio de novas doses, sendo assim, a antecipação pode acontecer após o dia 15 de setembro.

Até o momento já foram vacinadas com a primeira dose 88.935 araucarienses, 32.350 já receberam as duas doses, e 5.337 pessoas tomaram a vacina de dose única. A Saúde informou que o último dia de aplicação da dose 1 em Araucária foi em 27 de agosto, e o cronograma parou em pessoas com 22 anos ou mais.

Doses bloqueadas

No último sábado, 4 setembro, Araucária recebeu um lote com 4.170 doses da vacina contra a Covid e logo em seguida o município foi notificado pela Secretaria Estadual de Saúde (SESA) sobre o bloqueio destas doses, que não deveriam ser utilizadas até segunda ordem. Além de Araucária, diversas outras cidades do Paraná também estão com doses bloqueadas.

Isso ocorreu porque o Estado teve que devolver ao Ministério da Saúde doses que foram suspensas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e agora é necessário fazer uma readequação de cálculo. Portanto, por conta dessa questão técnica, os municípios não podem utilizar o imunizante até que a SESA passe uma orientação formal sobre a destinação desse lote, se será utilizado para aplicação da primeira ou da segunda dose.

Desta forma, Araucária segue com a vacinação suspensa, aplicando somente a dose dois mediante agendamento, com as doses que já haviam sido recebidas anteriormente. Dúvidas e mais informações sobre a vacinação podem ser obtidas no Disk Corona pelo telefone 0800.6425250.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1278 – 09/09/2021