Idosos e pensionistas estão sempre na mira dos golpistas, por serem mais vulneráveis pela falta de familiaridade com ferramentas tecnológicas. Por isso, o Procon de Araucária faz um alerta a esse público, principalmente com relação a empréstimos indevidos ou não solicitados, via telefone, internet e WhatsApp. A prática tem sido cada vez mais comum, apenas em 2021 o Procon Araucária/PR recebeu em torno de 600 reclamações sobre o tema, conforme registro do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (SINDEC).

Para disseminar informações que possam evitar este tipo de golpe, orienta-se que empréstimos sejam realizados diretamente no banco ou após solicitação do consumidor, pois é proibido pela Lei Estadual 20.276/2020 que os bancos entrem em contato para oferecer empréstimo sem interesse prévio do consumidor. Na mesma linha, é sensato evitar realizar empréstimos via telefone, internet, WhatsApp e redes sociais no geral.

“Esses golpes aumentaram no segundo semestre de 2020 e desde então os golpistas vem se especializando para cada vez mais parecer real e não um golpe. Importante fazer a distinção do empréstimo consignado solicitado pelo contratante, que é uma operação legítima, diferente daquela que vem sem solicitação e que a vítima precisa pagar por algo que não contratou e nem se beneficiou”, esclarece a diretora do Procon, Sâmara Arruda.

Atenção

Nem sempre o dinheiro emprestado por meio de golpe é depositado na conta do pensionista, pode ir para outra conta. Porém, é o pensionista que deverá arcar com o pagamento. Se cair dinheiro não solicitado na conta, não gaste e não transfira para o solicitante sem ter certeza de que é o trâmite para devolução no banco. A pessoa pode ir até o Procon ou até a agência bancária verificar o que pode ser feito.

“Ao cair em um golpe, o indicado é registrar um Boletim de Ocorrência, além de informar o banco e a instituição pagadora do salário (INSS ou órgão empregador)”, orienta o Procon.

Devolução

A devolução de empréstimos indevidos deve ser feita diretamente na agência bancária ou por intermédio do Procon, que possui contatos confiáveis via sistema SINDEC e ProConsumidor.

Além do Procon, funcionários do banco podem orientar sobre a veracidade do empréstimo, mas é bom se certificar de que são realmente funcionários da agência, pois muitos golpistas se passam por funcionários e falam por telefone e WhatsApp com os pensionistas.

O Procon alerta que se o empréstimo é realizado de forma fraudulenta, porém com assinatura do consumidor no contrato e outras provas de que ele realmente contratou, é difícil reverter a situação.

Atendimento Procon

O Procon Araucária atende por meio do telefone (41) 3614-1786, para agendamentos e esclarecimentos d dúvidas. O 0800-643-2834 continua ativo e também pode ser acionado. Ambos têm atendimento das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. O atendimento presencial ocorre até as 14h na sede do órgão, que fica na Rodovia do Xisto, 5815.

Foto – Carlos Poly

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp