Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Professor Brogian e Silvana tiveram os nomes confirmados na corrida à Prefeitura. Foto: divulgação

O PTC realizou no domingo, 13 de setembro, sua convenção para escolha dos candidatos a prefeito, vice e chapa de vereadores que disputarão as eleições municipais do próximo dia 15 de novembro. O encontro foi realizado no plenário da Câmara de Vereadores.

O encontro não teve surpresas e confirmou a opção pelo lançamento de chapa majoritária pura. Ou seja, com os candidatos a prefeito e vice sendo do próprio PTC. Também houve a apresentação e referendo do nome dos postulantes à Câmara de Vereadores pela sigla.

Professor José Luiz Brogian, que lecionou por décadas nas redes municipal e estadual de educação, terá como dobrada de chapa Silvana Vidal Fernandes, que é companheira do ex-vereador Leandro Andrade Preto. “Acreditamos que a garra da juventude e força da mulher, podem mudar nossa cidade! A Silvana fez Magistério, depois fez a faculdade de Administração de Empresas, uma 2ª segunda graduação em Gestão de Pessoas e pós-graduação em Gestão Estratégica de Pessoas. Atualmente ela está concluindo a 3ª graduação, no curso de Direito”, pontuou o candidato a prefeito.

Ainda segundo Brogian, a campanha do PTC será franciscana e pretende levar aos quatro cantos da cidade propostas de políticas públicas que valorizem, dentre outras, a educação, saúde, família e qualificação profissional. “Precisamos ouvir mais os moradores, saber o que eles precisam e querem para a cidade onde vivem”, pontuou.

Também durante o encontro, Brogian ressaltou a opção do partido de propor aos araucarienses uma chapa que tem a renovação em seu DNA, com quase a totalidade dos candidatos disputando uma eleição pela primeira vez. “Ou a gente renova de uma vez ou seremos sempre reféns da velha política de Araucária, que governa em prol de um grupo e não de uma cidade. Nossos candidatos têm nome limpo, sem nenhuma restrição na justiça, sem padrinho político, sem empreiteiras, sem acordos, sem mensalinho, apenas com a cara e coragem”, finalizou.

Texto: Waldiclei Barboza

Publicado na edição 1230 – 17/09/2020

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM