Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

A quinta-feira, 11 de novembro, foi de muita emoção para os amantes da causa animal. Isto porque foi bem-sucedido o resgate de uma cachorra que havia acabado de ter cria dentro de um túmulo do cemitério do bairro Vila Angélica.

De acordo com a protetora que participou da operação de salvamento, ela recebeu a informação de que uma cachorra teria entrado em trabalho de parto no cemitério. No local, porém, acabou descobrindo que a “mãezinha” tinha escolhido um túmulo já antigo e, digamos assim, usado para dar a luz aos seus filhotinhos.

Como o local era de difícil acesso, ela solicitou o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), que imediatamente foi até o cemitério para verificar a situação. Chegando lá, coube ao veterinário da SMMA adentrar o túmulo para verificar a situação da cachorra e seus filhotes. O resgate não foi dos mais fáceis. Isto porque o túmulo não permitia seu acesso, a não ser deitado. Além disso, a “mãezinha” estava bem assustada e avançava no veterinário.

Apesar das dificuldades e com o uso de cambão e focinheira foi possível conter a cachorra e retirá-la do túmulo para que fosse examinada. Um a um, os oito filhotinhos também foram retirados do túmulo. A operação resgate só terminou no final da tarde, com mãe e filhos sendo levados para o lar provisório de uma protetora. Ela ficará responsável pelos animais até que eles possam ser colocados para adoção.

Adote

A propósito, se você tiver interesse em adotar um desses oitos filhotinhos, pode entrar em contato com a protetora Viviane pelo telefone 41 98817-6805. Como são cães resgatados, quem os adotar tem a garantia de que eles serão castrados pela Secretaria de Meio Ambiente.

VEJA TAMBÉM