Compartilhe esta notícia

Mega operação integrada colocou nove atrás das grades - notícias da Policial  - O Popular do Paraná
Todos os detidos tem envolvimento com os assaltos a ônibus e outros delitos

Uma mega operação que reuniu 90 policiais militares, comandados pelo 17º Batalhão da PM, com apoio de policiais militares da 2ª Cia de Araucária e de policiais civis de Fazenda Rio Grande, foi deflagrada na madrugada de sábado, 3 de ou­tubro. A ação, denominada “Fim da Linha”, abrangeu os municípios de Araucária e Fazenda Rio Grande, na região metropo­litana, e os bairros Tatuquara, Fazendinha e Cidade Industrial de Curitiba (CIC), na capital. O objetivo foi derrubar grupos que praticavam roubos e furtos nas linhas de ônibus que interligam os referidos municípios.

Segundo a PM, ao longo de quatro meses fo­ram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão em residências e quatro mandados de prisão. Ao todo, 13 pessoas foram detidas, nove destas somente nesta última ope­ração, uma arma foi apreendida, além de drogas e dinheiro.

Mega operação integrada colocou nove atrás das grades - notícias da Policial  - O Popular do Paraná
Armas, munições, celulares, joias e outros objetos foram apreendidos

A ajuda de imagens de câmeras de segurança e informações de vítimas foi fundamental para que a polícia chegasse até os suspeitos. Com base nos registros de ocorrências de arrastões em ônibus coletivos, o Serviço de Inteligência da Polícia Militar conseguiu identificar os articuladores e demais integrantes do grupo e repassou à Polícia Civil, a qual prosseguiu a investigação e concluiu o inquérito sobre os crimes. Posteriormente foi solicitada à Justiça a elaboração dos mandados de busca e apreensão dos envolvidos.
Mega operação integrada colocou nove atrás das grades - notícias da Policial  - O Popular do Paraná
Drogas também foram apreendidas durante a megaoperação

Resultado

Na última fase da operação “Fim da Linha” sete adultos que tinham envolvimento com os arrastões em ônibus foram presos, os quais também ti­nham passagens por tráfico de drogas, receptação e corrupção de menores. Dois adolescentes também foram apreendidos durante o cumprimento dos mandados judiciais.

Além das prisões, os policiais militares e civis apreenderam um revólver calibre .32 com numeração suprimida, quatro munições de calibre .32, 812 gramas de maconha, 23 pedras de crack, 6,2 gramas de cocaína, 12 aparelhos celulares, oito joias de variados tipos e R$ 223,00 em dinheiro, além de uma balança de precisão. Os detidos e o material apreendido foram entregues na Delegacia de Fazenda Rio Grande para os procedimentos cabíveis.

Segundo informações do Serviço de Inteligência da PM, grupos de três a sete pessoas invadiam ônibus que tinham entre 40 a 70 passageiros e roubavam celulares, bolsas, carteiras e ou­tros objetos pessoais. Ainda de acordo com os levantamentos, em alguns casos, os integrantes do grupo agiam com violência e agrediam os passageiros, inclusive chegavam a desviar o ônibus da linha para praticar o crime. Os detidos pela operação da PM seriam os autores de 32 ocorrências de arrastões.

Para o capitão Nelson Stoccheiro, comandante da 2ª Cia da PM de Araucária, muito embora várias prisões foram efetuadas, a Operação Ônibus Seguro vai continuar. “As abordagens nos coletivos continuam porque o objetivo é prender bandidos e aumentar a segurança da população. Não podemos parar”, frisou o comandante.
Mega operação integrada colocou nove atrás das grades - notícias da Policial  - O Popular do Paraná
FOTOS: PM/COLABORAÇÃO

Compartilhe esta notícia
Fechar anúncio