Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Foto: divulgação

Dois homens foram detidos e um veículo e diversos outros produtos roubados foram apreendidos pela Polícia Militar de Araucária na noite desta segunda-feira, 10 de janeiro. As prisões e apreensões ocorreram na rua Prefeito Odorico Franco Ferreira, no Centro.

Tudo começou no distrito de Mariental, no município da Lapa, onde cerca de cinco ladrões invadiram uma residência, anunciaram o roubo e após realizarem o serviço, fugiram do local, em direção à Araucária. Eles roubaram um veículo Fiat vermelho, um Uno azul, uma motocicleta também azul e diversos objetos. Diante das informações repassadas à Central da PM, equipes iniciaram patrulhamento pela Rodovia do Xisto, e em frente ao Mercado Municipal de Araucária, visualizaram o Uno. No momento em que uma viatura fazia o retorno para realizar a abordagem, o veículo avançou o sinal vermelho e acessou a rua Coronel João Antônio Xavier, entrando logo em seguida na rua Prefeito Odorico.

Em determinado momento da fuga, em frente à empresa Araucária Transporte Coletivo, o condutor abriu a porta do veículo ainda em movimento e se jogou, fugindo em direção ao pátio da empresa. O passageiro permaneceu no carro e foi abordado pelos policiais. Era um menor de idade, que portava em sua cintura uma garrucha cal.28, sem marca e número de identificação. Enquanto isso, outra equipe seguia no encalço do indivíduo que havia fugido e conseguiu localizá-lo escondido no interior de um ônibus. Ele resistiu à prisão e tentou fugir novamente, porém foi contido pelos policiais. No interior do veículo foram localizados os objetos roubados.

Diante dos fatos, os dois autores do roubo receberam voz de prisão e foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Araucária para os procedimentos cabíveis. Já na DP, a dupla confessou que outros três indivíduos haviam participado do roubo.

A vítima também compareceu à delegacia e relatou que foi surpreendida por quatro indivíduos e estes, que durante toda a ação criminosa, se mostraram muito agressivos. A vítima contou ainda que um deles estava armado e lhe fazia ameaças, inclusive o agrediu com uma coronhada na região da cabeça. Esse mesmo indivíduo, segundo a vítima, afirmava ainda que o grupo iria cortar sua orelha, caso ele não entregasse o dinheiro. Depois disso o encapuzaram, amarraram suas mãos e lhe trancaram no banheiro, enquanto faziam a limpa na casa. A vítima também contou que em determinado momento conseguiu fugir para pedir ajuda e informar a polícia.

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM