Foto: Rafaela Carvalho

 

Durante patrulhamento de rotina da Polícia Militar, na noite de domingo, 4 de novembro, por volta das 22h30, a equipe policial visualizou na avenida Avestruz, no bairro Capela Velha, um veículo Ômega, de cor bordô, realizando  manobras perigosas na via, freadas bruscas e queimando pneus. Por conta disso, os policiais decidiram abordar o motorista, que não acatou a ordem de parada.

Iniciou-se uma perseguição em alta velocidade, onde, na fuga, o veículo em questão furou várias preferenciais, quase colidindo com outros veículos e pedestres, lombadas e meio fio. A perseguição durou cerca de 5 minutos, quando, em determinado momento, o motorista entrou com o carro na garagem de uma residência na rua José Batista da Rosa.

Na abordagem, o indivíduo estava um tanto quanto exaltado e precisou ser imobilizado. O motorista, um homem de 39 anos, relatou aos policiais que estava em um churrasco e havia bebido algumas cervejas. Ao ver a viatura, o sujeito disse que ficou com medo de levar multas e ter seu carro apreendido e por isso decidiu fugir.

O cidadão fez o teste do bafômetro, que acusou 0,40mg/l. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Araucária para os procedimentos cabíveis. O carro foi apreendido e levado ao pátio da 2ª Cia da PM.

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

A ética dos propagadores de fake news

O título desta crônica é provocativo, pois vivemos num tempo onde cada um é induzido a acreditar na sua fake news de preferência através da

Casa Bem Acabada

Iéste negócio da gente se meter a rabequista das véis dando o maior dos problema!! Sobrinha Roseli se achegando com cara cheia de felicidade contanto

Compartilhe