Refleti muito esta semana e constatei que estava errado…, que cometi equívocos…, enfim…, que fui injusto. Agora, quero me retratar e desculpar-me.
 
Minhas desculpas são dirigidas aos integrantes da atual administração que, por ventura, tenham se sentindo ofendidos com algum dos textos que escrevi neste espaço. Peço desculpas também aos vereadores e outros políticos desta cidade. Fui maldoso e muito vil em meus comentários. Eles não merecem.
 
Ora, eu não posso acusar o poder público municipal de não estar cumprindo o seu papel. Com certeza, eles estão fazendo o que podem. O mesmo vale para os nobres vereadores, que, nunca foram subvernientes ao poder executivo, como certa vez insinuei.
 
As críticas que fiz com relação aos buracos e o mato nas ruas da cidade também não foram corretas. Afinal, todo mundo sabe que a Secretaria de Obras bem que tentou fazer as operações tapa-buracos e as roçadas, mas choveu muito durante quase todo o ano passado e início deste. É praticamente impossível manter o município em boas condições se o tempo não ajuda.
 
Também foram desnecessárias e infantis as ponderações que fiz com relação à entrega de mini notebooks para os alunos da rede municipal de ensino. Pensem comigo, estamos na era digital e este programa será de vital importância para o progresso do ensino em Araucária. Sendo assim, só temos que agradecer ao prefeito Zezé pela iniciativa.
 
Desculpo-me ainda pela ocasião em que insinuei que a implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) poderia ter caráter politiqueiro. Eu errei. Será excelente para nossa cidade que a centralização dos atendimentos do SAMU em toda a região metropolitana seja aqui.
 
Ah, senhores edis, lamento profundamente por ter sugerido o nome do cão “Negão”, que reside no CCZ, para o cargo de vereador. O mesmo vale para ocasião em que conjecturei uma eventual candidatura minha a deputado estadual. Foi muita audácia deste pobre cidadão. A denúncia que fiz no Protocolo Geral da Prefeitura por conta da briga envolvendo o secretário de Governo na Câmara também não tem sentido. Ora, aquilo nem chegou a ser uma contenda. Foi no máximo um debate acalorado de ideias.
 

Por fim, amigos leitores, só tenho mais uma coisa para dizer…: PEGUEI VOCÊS. Hoje é 1° de abril!. Dia da Mentira… Hehe. Não retiro nada do que disse em meus textos. Até semana que vem pessoal! Ah, desculpe pela brincadeira e, se der tempo, deixe seu comentário.

VEJA TAMBÉM

Caminho certo

É fato que a língua do povo sempre foi afiada e impiedosa. Os juízes da vida dos outros de plantão se adiantam em ser investigadores,

Compartilhe