Agredido até morrer

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Agredido até morrer
A família foi avisada da morte de Aroldo pelo Hospital

Aroldo Antunes, 44 anos, deu entrada na sexta-feira, perto das 20h50 no Hospital Municipal de Araucária com ferimentos considerados graves. Conforme informações do Corpo de Bombeiro, ele foi atendido na Rua das Rosas, no bairro Campina da Barra, onde foi encontrado bastante machucado, vítima de agressões corporais. Conforme informação da Polícia Civil, que ainda pouco sabe sobre o caso, a morte foi por trauma crânio encefálico: “O Hospital ligou para a família e avisou sobre a morte de Aroldo que até então não sabia de nada”, explicaram. Diante dos fatos, a busca por informações continua.