A Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAG) promoveu no dia 27, o Dia de Campo da Pêra. Aproximadamente 30 agricultores de Araucária e região metropolitana participaram do evento, que aconteceu na comunidade rural dos produtores Edvino e Mário Brongel, em Campina das Pedras.

O principal objetivo do evento foi ensinar aos agricultores técnicas para o plantio e o cultivo da fruta. O engenheiro agrônomo e mestre em fruticultura, Edmundo Hadlich, proferiu palestras durante o dia e falou sobre as técnicas de controle e monitoramento de geada na fruticultura, análise de solo, adubação, calagem, quebra de dormência e ainda tratamentos fitossanitários.

“O dia de campo é muito importante para todos os agricultores. Aqui eles podem adquirir novos conhecimentos sobre o plantio da pêra, técnicas modernas, garantindo dessa maneira uma melhor qualidade na fruta”. O engenheiro disse ainda que o evento serviu de incentivo aos agricultores, que poderão produzir e apostar nessas novas técnicas.

Este é um projeto de SMAG que abrange não só a produção de pêras como também de pêssegos, tomates, uvas e cebolas, por exemplo. Um profissional especializado vai às propriedades rurais, ouve as principais dúvidas dos agricultores e ensina-lhes as melhores técnicas do cultivo.

Para Edvino Brongel, um dos proprietários da comunidade rural, o dia de campo é fundamental para o crescimento da produção de pêra. “As reuniões são muito produtivas.
Aprendemos técnicas de poda, plantio e os cuidados que devemos ter na época de produção. Todos esses fatores são importantes para o cultivo e com isso só temos a ganhar”. Na propriedade de Edvino e Mário, há aproximadamente 12 alqueires de plantação de pêra. Na última colheita, ele disse que a safra chegou a 15 toneladas em apenas seis alqueires. “Nossa produção está muito boa, durante a época de colheita que começa em dezembro e vai até abril, temos muito trabalho”, destaca o agricultor.

VEJA TAMBÉM

Compartilhe