Araucária PR, , 22°C

Aquém da eternidade

O Planeta é tudo o que agora tenho.

Não sei, mas quando penso na eternidade,
começo a sentir saudades do meu Planeta.

Onde está o meu coração?

Para onde dirijo meu olhar?

Em que invisto minhas energias?

Enfeito o Planeta com as cores
do cuidado e da paz?

Encanto as pessoas com a beleza
de minhas palavras e atos?

Morre-se
de tanto trabalhar,
de tanto estudar,
de tanto desejar.

Morre-se de tanta coisa.

Mas, o que vale,
no final das contas,
é morrer de tanto viver!

Texto: Lauro Daros

Publicado na edição 1276 – 26/08/2021

Leia outras notícias