Araucária PR, , 11°C

Araucária deve ter protesto no final da tarde de hoje

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Araucária deve ter protesto no final da tarde de hoje
Quase 3 mil confirmaram presença, resta saber quantos vão

A onda de manifestações que tomou conta de várias cidades do Brasil desde a semana passada deve chegar a Araucária hoje, sexta-feira, 21 de junho. A organização do protesto está sendo feita pelo Facebook e está marcada para iniciar às 17h, com concentração em frente à sede da Prefeitura, no Centro.

Ao contrário da bandeira prioritariamente pregada em outras cidades do país, o movimento não pede a diminuição da tarifa do transporte coletivo. No convite para que a população participe do ato, disponível na página do Facebook “#Bora Manifestação Araucária#”, a principal reivindicação é o combate a corrupção.

Até às 20h de ontem à noite, 2.861 usuários da rede social haviam confirmado presença no protesto e outras 1.250 afirmaram que talvez apareçam. Apesar desses números, não é salutar tentar cogitar quantas pessoas de fato estarão em frente à Prefeitura no final da tarde de hoje. Da sede do Poder Executivo Municipal, os manifestantes sairão em passeata pelas ruas centrais até chegar à Câmara de Vereadores.

Também é importante ressaltar que apesar da empolgação inicial em seguir a onda nacional e sair às ruas pedindo pelo fim da corrupção e outras coisas mais, ao longo da semana, usuários do Facebook tentaram dar um viés político-partidário ao protesto, o que não vem sendo feito em outras cidades. A tentativa de “politicalizar” o movimento acabou desestimulando a participação de algumas pessoas e irritando outras, que fizeram questão de publicar mensagens deixando claro que o ato desta tarde não é a favor de políticos como Albanor Zezé (PSDB), Hissam Hussein (PPS) e Rosane Ferreira. Do mesmo modo, não é contra a administração do prefeito Olizandro José Ferreira (PMDB). Para esses, acima de tudo, o movimento é a favor da cidade de Araucária. Resta torcer para que este último ideal seja soberano.