Olhe só que interessante. Quando as pessoas têm um propósito, uma missão, e sabem qual ela é, tudo acontece de maneira mais efetiva. De nossas polícias locais, uma das mais presentes e mais rigorosas com suas rotinas e procedimentos é a Polícia Militar. Seguindo o exemplo, a Guarda Municipal também tem uma atuação bastante efetiva nas ruas de nossa cidade. Com a proximidade do Natal, e sabendo do histórico de aumento de criminalidade nesta época, tanto a PM quanto a GM se mobilizaram e estão fazendo uma operação para espantar a bandidagem neste período de aquecimento nas vendas por conta das compras de final de ano.

Essas forças policiais sabem suas atribuições, conhecem seu efetivo – em pessoas e equipamentos – e estão treinadas e prontas para executar suas funções. O resultado é a população com maior sensação de segurança e os criminosos preocupados. Tanto na PM, quanto na GM, não foi preciso uma ordem direta do governador ou do prefeito, respectivamente, para que este trabalho fosse colocado em prática. Tantos uns quanto outros sabem o que deve ser feito. Simples assim.

Mais interessante ainda é que – anotem aí – a incidência de crimes na região central, onde a operação Natal se concentrará, cairá sem que a PM e a GM disparem um único tiro. Exatamente: o que ambas as corporações estão fazendo é a chamada operação presença, que por si só afugenta a bandidada. Nossa torcida é para que – terminada as festas de fim de ano, continuemos a ver nossas forças policiais nas ruas, priorizando a ação preventiva. Pensem nisso e boa leitura.
 

VEJA TAMBÉM

Caminho certo

É fato que a língua do povo sempre foi afiada e impiedosa. Os juízes da vida dos outros de plantão se adiantam em ser investigadores,

Compartilhe