Os dias de calor estão chegando, e teremos muitos dias ensolarados com mais oportunidades de exposição ao sol, o que pode ser muito agradável e saudável, mas devemos tomar cuidado com a exposição inadequada aos raios solares, principalmente em nossa região onde vivem muitas pessoas de pele clara, as quais são mais predispostas a desenvolver o câncer de pele.

O que é o câncer de pele?

É uma doença que ocorre por conta do desenvolvimento anormal das células da pele. Elas se multiplicam repetidamente até formar um tumor maligno. O câncer de pele é uma doença que tem cura, se descoberto logo no início.

Quais são os principais fatores de risco para desenvolver o câncer de pele?

• História familiar de câncer de pele;
• Pessoas de pele e olhos claros, com cabelos ruivos ou loiros;
• Pessoas que trabalham frequentemente expostas ao sol sem proteção adequada;
• Exposição prolongada e repetida ao sol na infância e adolescência.

O sol é importante para a saúde, mas é preciso ter cuidado com o excesso. Quando seus raios ultravioletas (tipos A e B) atingem a pele, podem alterar suas células e provocar envelhecimento precoce, lesões nos olhos e câncer de pele. Alguns cuidados especiais são necessários, principalmente para aqueles que trabalham ao ar livre.

O que deve ser feito durante o lazer para prevenir o câncer de pele?

• Evite exposição prolongada ao sol entre 10h e 16h;
• Use sempre proteção adequada, como bonés ou chapéus de abas largas, óculos escuros, barraca e filtro solar com fator mínimo de proteção 15. Usar o filtro solar apenas uma vez durante todo o dia não protege por longos períodos.

É necessário reaplicá-lo a cada duas horas, durante a exposição solar. Mesmo filtros solares “à prova d’água” devem ser reaplicados.

E no trabalho ao ar livre?

• Evite trabalhar exposto ao sol nas horas mais quentes do dia;
• Não deixe de usar chapéus de abas largas, camisas de manga longa e calça comprida;
• Se possível, use óculos escuros e protetor solar;
• Procure lugares com sombra sempre que possível.

Que sinais de alerta devem ser procurados?

• Manchas que coçam, ardem, descamam ou sangram;
• Sinais ou pintas que mudam de tamanho, forma ou cor;
• Feridas que não cicatrizam em 4 semanas;
• Mudança na textura da pele ou dor.

Visite nosso site:www.clinicaima.com.br / www.facebook.com.br/institutodemedicinadearaucaria

Texto: Dra. Flavia Akemi Futigami / CRM 16952 / Dermatologia

Publicado na edição 1296 – 27/01/2022

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

A ética dos propagadores de fake news

O título desta crônica é provocativo, pois vivemos num tempo onde cada um é induzido a acreditar na sua fake news de preferência através da

Casa Bem Acabada

Iéste negócio da gente se meter a rabequista das véis dando o maior dos problema!! Sobrinha Roseli se achegando com cara cheia de felicidade contanto

Compartilhe