CCZ realiza várias ações de prevenção e combate

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

CCZ realiza várias ações de prevenção e combate
Todo cuidado é pouco na hora de combater a dengue

Em épocas de chuvas intensas, o risco de proliferação do mosquito da dengue tende a aumentar consideravelmente. De acordo com informações do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), o lixo acumulado ou água armazenada em vasos, garrafas, tambores e outros recipientes a céu aberto podem se transformar em potenciais criadouros de duas espécies de mosquito, o Aedes aegyptis e o Aedes Albotus.

Esses mosquitos são vetores do vírus, responsável pela disseminação da Dengue. Um único mosquito pode infectar até 300 pessoas, por isso o CCZ realiza durante todo o ano um trabalho preventivo em locais considerados pontos estratégicos, como: cemitérios, ferros velhos, borracharias, indústrias e afins.

“Nós realizamos o monitoramento constante dos pontos estratégicos, coletando e analisando as larvas encontradas. Também consolidamos uma parceria com os consórcios que atuam na Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar) para coleta e análise de larvas, além do trabalho periódico de monitoramento da área e orientação dos colaboradores”, detalhou o coordenador do CCZ, Antonio Pestana.

A equipe do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) da SMSA possui um Plano de Contingência para Endemias de Dengue. O objetivo do plano é estabelecer diretrizes a fim de se evitar uma endemia da doença. Vale ressaltar, no entanto, que Araucária não está entre os municípios considerados de risco para uma endemia e nunca apresentou nenhum caso autóctone da doença.

Mediante solicitação, o Plano Municipal de Prevenção à Dengue é apresentado a comércios, indústrias, instituições de ensino e demais interessados, que poderão, a partir dele, realizar suas próprias ações de eliminação de focos e combate ao mosquito vetor. “Sabemos que o trabalho de prevenção é a única maneira de evitar a proliferação do mosquito da Dengue. Mas, somente com a conscientização e a ajuda da população e do empresariado local, poderemos garantir que Araucária continue livre da doença pelos próximos anos”, enfatizou Pestana.

Disque Dengue
Para que os agentes de combate a endemias do CCZ possam atender satisfatoriamente a comunidade, o município foi dividido em 11 localidades, de acordo com a disposição geográfica das Unidades Básicas de Saúde, de modo a atingir todas as regiões da cidade com campanhas de prevenção e esclarecimento à população do entorno.

Um outro trabalho de rotina da equipe do CCZ é atender a denúncias e agendar palestras sobre o tema. Para isso existe o serviço Disque Dengue, um telefone exclusivo, que atende toda a comunidade durante o ano inteiro. O serviço Disque Dengue funciona de segunda à sexta-feira das 08h30 às 16h30 pelo telefone: 3901-5078.