Compartilhe esta notícia

Os conselheiros tutelares de Araucária realizaram ao longo desta semana o atendimento as crianças envolvidas no ataque à Escola Municipal Professora Delani Aparecida Alves, no jardim Sol Nascente, e acabaram conseguindo recuperar um notebook e vários cadernos que haviam sido furtados da instituição.

O ataque à escola Delani aconteceu em pleno dia de Natal, 25 de dezembro, e deixou um rastro de destruição nas dependências da instituição. Os envolvidos, três meninas e um menino, foram pegos por profissionais que trabalham no local no dia seguinte (26) quando voltaram à “cena do crime” para levar para casa equipamentos eletrônicos e outros materiais que haviam sido separados em sacos plásticos por eles mesmos anteriormente.

Conforme informações obtidas por nossa reportagem, durante a conversa com as crianças, realizadas na sede do Conselho Tutelar, uma delas acabou admitindo aos conselheiros que estaria com um notebook e vários cadernos amocados em sua casa, seus pais – porém – não tinham conhecimento disso. Diante do fato, a equipe do Conselho foi até a casa da família e recuperou o computador e os cadernos, os quais serão entregues à direção da escola na semana que vem.


LEIA TAMBÉM:

Pais de crianças que vandalizaram escola no Sol Nascente não apareceram para ajudar na limpeza

Criançada vandaliza geral e ainda tenta furtar escola no jardim Sol Nascente


Ainda de acordo com o apurado pelo O Popular, as famílias de todos os envolvidos residem na ocupação irregular do jardim Arvoredo em situação de vulnerabilidade social. Os pais trabalham o dia todo e, neste período de fim de ano, os filhos acabam ficando sozinhos em casa. Os conselheiros cadastraram as famílias e passarão a acompanhá-los. O objetivo do atendimento é que as crianças tenham noção da reprovabilidade do ato que praticaram e, advertidos disso, mudem seu comportamento.

Quinto elemento

Nossa reportagem apurou também que haveria ainda um quinto elemento envolvido no ataque à Escola Delani: um adolescente de trezes anos. Como tem mais de doze, como outra menina envolvida no caso, ele também responderá por ato infracional análogo ao crime de furto e destruição do patrimônio público.

Conselheiros tutelares recuperam notebook furtado em escola no Sol Nascente - notícias da Policial  - O Popular do Paraná

Conselheiros tutelares recuperam notebook furtado em escola no Sol Nascente - notícias da Policial  - O Popular do Paraná

Compartilhe esta notícia