Funcionários estão parados porque os salários estão atrasados desde o ano passado

Com os salários atrasados desde novembro do ano passado, os funcionários da empresa Movax estão revoltados e cruzaram os braços até que seja feito um acordo. A crise começou logo após a morte do proprietário Max Gerard Luc Veille, há cerca de um ano. Depois disso, houve um desentendimento entre os herdeiros e a empresa começou a ter problemas.

Segundo uma funcionária que trabalha na Movax e que preferiu não se identificar, hoje (26), a advogada da empresa vai se reunir com os funcionários para tentar chegar a um acordo. “Ficamos sabendo que a proposta que eles vão nos fazer é demitir todos e fazer um acerto, pagando os atrasados. Mas só concordaremos com este acordo se antes recebermos os salários de novembro e dezembro”, disse.

Um outro funcionário, com 17 anos de empresa, disse que esta situação está atrapalhando sua vida, pois ele não tem como procurar outro emprego enquanto a empresa não der baixa na sua carteira de trabalho. “Se for para trabalhar sem salário prefiro achar outra coisa”, comentou.

Nossa reportagem tentou entrar em contato com a empresa, mas não obteve êxito, pois os telefonemas não foram atendidos. O Grupo Movax possui três unidades e mais de 200 funcionários.

VEJA TAMBÉM

Compartilhe